Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio perto do vice, mas sites ignoram

Desde que comecei a fazer cervejas e a colocar rótulos relacionados ao aspecto mais saudável da rivalidade Gre-Nal, que é a brincadeira, os colorados me cobram. Perguntam por que não faço a ‘Segundina’ ou a ‘Batalha dos Aflitos’.

A ‘Segundina’ um dia vai sair, não tenho dúvida. O Inter bateu na trave algumas vezes. Agora, a cerveja em homenagem aos Aflitos ganhou corpo com o vexame colorado diante do Náutico. Um MazembeDay em dimensão menor. O Inter estava embalado por duas vitórias seguidas e buscava entrar no G-4, o que era na verdade um delírio, como acabou se confirmando neste domingo.

Portanto, quem sabe não lanço nos próximos dias a cerveja ‘Aflitos’? Vou contemplar as duas torcidas: a do Grêmio, pelo heroísmo do feito, e a do Inter, pelo… deixa prá lá.

O ano colorado acabou. Já havia acabado, na verdade. Só faltava a extrema unção.

A derrota complica a questão eleitoral no Inter. Tudo pode acontecer. Giovani Luigi ainda é o favorito, mas dependendo de quem ele anunciará como vice de futebol, ele é capaz de perder a eleição.

MÍDIA

Confesso que não acompanhei os jogos de domingo. Dia bonito, ensolado, aproveitei pra sair. Só agora no final da noite fui me atualizar. Foi quando soube que o Atlético Mineiro havia perdido para o Coritiba, ficando a apenas um ponto de diferença do Grêmio.

Quer dizer, o domingo termina com uma grande notícia, e essa é que deveria ser destacada pelos sites Correio do Povo e Clicrbs, por exemplo: Grêmio a um ponto da vice-liderança e, por consequência, da vaga direta à Libertadores.

Esta é a grande notícia, ao lado claro da derrota colorada em Recife. Mas não vi nenhuma referência a esse fato. A não ser, a própria tabela de classificação.

No clicrbs, o destaque é para Luxemburgo dizendo que a torcida do Grêmio foi fantástica – é um marqueteiro de mão cheia – e o time uma decepção. Só que o time é também ele, Luxemburgo, que deixou a Ponte Preta deitar e rolar no Olímpico no primeiro tempo sem tomar qualquer providência. No segundo tempo, a bem da verdade, tudo mudou. Ele acertou a marcação e o time cresceu, merecendo a vitória. Gol do execrado André Lima, que muitos insistem em chamar de marqueteiro, mas não usam a mesma qualificação para o treinador. Nenhuma linha sequer para o que realmente interessa: Grêmio pertíssimo de ficar em segundo lugar no brasileiro, algo fantástico para um time tão limitado.

Já o Correio do Povo consegue ser ainda mais indiferente a esse momento do Grêmio: a notícia é de que o Atlético perdeu e deixou o Fluminense ainda mais perto do título. Se fosse um site carioca e se ainda restasse dúvida de que o Fluminense já é campeão, eu entenderia. O certo seria algo assim: Atlético perde e Grêmio fica a um ponto da vice-liderança.

Mas essa frase, tão singela, tão óbvia jornalisticamente, não está nos sites. Espero que os jornais desta segunda-feira enfatizem aquilo que realmente interessa: esse avanço do Grêmio na tabela.