Categorias
Blog do Ilgo

O time mediano do Inter e a agenda positiva

É ensurdecedor o silêncio dos analistas esportivos a respeito dos reforços do Inter.

É claro que não consigo acompanhar tudo o que se diz e se escreve, mas ainda não constatei nenhuma análise crítica a sobre jogadores como Vitor Junior, Caio, Helder, Willians e Gilberto, que foi embora não ter aprovado e agora retorna não se sabe exatamente por que. Ou por ter santo forte ou por ter empresário forte. Ou porque joga muita bola e todo nós não percebemos.

São todos jogadores medianos, jogadores que poderiam chegar de ônibus, como se dizia tempos atrás quando se queria diminuir o peso do contratado.

Reconheço algumas qualidades no Caio, um atacante rápido; no Willians, um volante de marcação forte e no Vitor Júnior, um meia rápido.

Contratar um ou outro desse nível, tudo bem, mas todos eles se equivalem. Todos são aposta, talvez com exceção de Willians, mas este tem um currículo que não fica muito distante de uma folha corrida, algo que tem sido omitido pela mídia em geral, salvo engano meu.

O fato é que o Inter está montando um time mediano, em princípio. É possível que todos eles mostrem aqui um futebol que até agora não foi suficiente para mantê-los como titulares em grandes clubes.

Pelo que tenho lido e ouvido, Dunga é capaz de transformar todos eles em craques, jogadores compenetrados, disciplinados e talentosos. Facilita, ele transforma ferro em ouro.

O que observo hoje é a imprensa paparicando o Dunga e evitando comentar as contratações, apenas fazendo o registro.

Sei que boa parte dos analistas está mais preocupada com a Arena e o Olímpico e não tem tempo para se dedicar a temas ‘menores’ como os jogadores que o Inter contratou até agora.

É numa hora dessa que sinto falta da voz valente de Wianey Carlet. Tenho certeza de que ele, por ser um comentarista combativo como o foi quando o MP quis interditar o Beira-Rio, estaria agora cuspindo fogo e cobrando mais qualidade nas contratações.

Aguardo também que alguém pergunte ao presidente Luigi por que sendo o Inter um dos clubes que mais faturou nos últimos anos não consegue trazer jogadores de maior qualidade, limitando-se a investir basicamente em apostas.

Talvez a situação financeira do Inter não seja tão boa quanto se apregoa.

Ah, mas é melhor não falar nisso, não faz parte da agenda positiva.

JUNIORES

Vi o time do Grêmio aplicar uma goleada hoje pelo torneio sub-20 em São Paulo. Gostei muito do meia Matheus, irmão do Biteco. Ele marca, arma, articula, dribla e lança.  Jogou muito o guri.

Gostei também do volante Barbosa, que é nome de funcionário de escritório. “O Barbosa, me alcança o grampeador por favor”. Mas gostei que ele marca forte e tem uma virtude, faz lançamentos precisos de longa distância, tipo o Dinho. Mas foi só uma primeira impressão. Gostei do meia Fabian, muito habilidoso, mas precisa aprender a chutar. Mandou todos os chutes muito alto.