Categorias
Blog do Ilgo

Silêncio, a melhor resposta ao goleiro do Santos

A melhor maneira de receber o time do Santos no jogo desta noite na Arena é fazendo um silêncio.

Um silêncio ‘ensurdecedor’.

Quando o Brasil inteiro espera vaias, gritos e cantos ofensivos ao goleiro Mário Lúcio Duarte Costa, nada pode chamar mais atenção do que um sonoro silêncio.

O silêncio é irmão da indiferença.

Muitas vezes reagir com silêncio ou indiferença é muito melhor e por vezes mais eficaz, do que apelar para os palavrões de sempre, que de tão empregados já não causam impacto.

O silêncio pode ser mais hostil e ameaçador que o coro da torcida contra o adversário.

Muitos esperam confusão – e há quem torça por isso – quando o goleiro do Santos entrar em campo.

Imaginem aqueles auditores do tribunal carioca vibrando se ocorrer outro incidente na Arena. Vão ficar cheios de razão. A injusta e absurda condenação do Grêmio será, então, mantida e até agravada – quem duvida?.

Por isso, minha sugestão é fazer silêncio. Um silêncio do tamanho da desimportância do goleiro.

Manifestações contra o goleiro que só aos 33 anos conseguiu sair do anonimato devem  ficar restritas ao jogo em si.

Mas em vez de vaias quando ele pegar a bola, um murmúrio em coro. Ou o mais absoluto silêncio.

Tenho certeza de que esse tipo de atitude – quase uma não-atitude – é a melhor resposta que a fantástica torcida do Grêmio pode dar ao goleiro, aos auditores e a todos que classificaram o clube e sua torcida de racista.

Silêncio na Arena!

PREMIO PRESS

Continuem votando em mim no Prêmio Press como jornalista de web do ano.

Entrem em www.revistapress.com.br

Eu também preciso sair do anonimato…