Categorias
Blog do Ilgo

O importante é vencer

Estou convencido de que só a torcida do Cruzeiro tem direito de exigir vitória e bom futebol do seu time.

Todas as demais torcidas precisam aceitar que vitória com boa atuação não combinam. E isso vale para Grêmio, Inter – embora os colorados analistas atribuam sempre o futebol ruim do time vermelho ao técnico Abel, nunca a má qualidade de alguns jogadores – e todos os outros.

Só o Cruzeiro se salva. Nem a derrota para o Corinthians abala esse minha convicção.

Então, o que interessa é vencer. O Grêmio de Felipão fez algumas partidas muito boas contra equipes fortes, entre elas o próprio Cruzeiro, mas não venceu.

Nesta noite, teve uma atuação apenas regular, nota 6 ou 7, mas foi o suficiente para bater o Sport por 2 a 0, subindo na classificação.

Destaque para o jovem goleiro Tiago. No final, fez grandes defesas e garantiu a vitória.

Gostei muito do Dudu, um jogador incansável, que corre de goleira a goleira, e ainda tem fôlego para fazer algumas boas jogadas, como a do segundo gol, quando ele driblou o goleiro após receber excelente lançamento de Giuliano – seu melhor lance desde que chegou.

O placar foi aberto por Alan Ruiz, após jogada de Barcos, que perdia a bola na tentativa do drible, mas apareceu o meia argentino de trás pra soltar a bomba e marcar.

Destaque também para Zé Roberto, que é, repito, o melhor lateral-esquerdo do campeonato.

Não acredito mais em vaga para a Libertadores, mas se continuar na ponta de cima tudo pode acontecer.

Tirando o Cruzeiro, é tudo japonês.