Categorias
Blog do Ilgo

O vídeo dos bastidores do Gre-Nal

O emocionante vídeo do Gre-Nal revela a união do grupo gremista

Se alguém tem alguma dúvida de que a goleada de 4 a 1 no Gre-Nal, além de um bálsamo revigorante para o espírito gremista, foi um marco, um divisor de águas, que dedique 10 minutos e 53 segundos de seu tempo para assistir ao vídeo dos bastidores do clássico. Está no site oficial do clube: WWW.gremio.net.

A peça, elaborada com zelo e paixão, ajuda a explicar por que o Grêmio venceu e humilhou seu maior rival. Mais do que isso: mostra que se descortina um novo tempo de vitórias a partir do sentimento de união e de solidariedade entre jogadores, comissão técnica e dirigentes.

É estimulante ver um atleta de carreira exitosa como o Zé Roberto, aos 40 anos, pulando como um guri no vestiário, entre risos e abraços. Ou perceber a alegria também dos reservas, como Werley, que aparece sempre sorridente. É claro, vestiário de quem ganha não é vestiário de quem perde, mas é perceptível acima de tudo que Felipão conseguiu em pouco tempo unir o grupo. E um grupo unido é o ponto de partida para atingir metas, entre as quais os grandes títulos.

Nos minutos finais do vídeo, o choro de Felipão. É comovente ver um profissional tão vitorioso, com longo tempo de vivência no futebol, expor sua emoção e embargar a voz ao pronunciar a palavra ‘oportunidade’ – quem viveu o que Felipão viveu recentemente sabe o que representa esse termo – quando começava a dedicar a vitória a Fábio Koff.

O veterano treinador interrompeu sua fala e logo foi envolvido por abraços solidários, até se recompor e concluir seu breve discurso de agradecimento ao presidente tricolor.

Para um vestiário assim, tão unido e empolgado, não há limites.

INTER

O empate colorado em São Paulo foi uma surpresa. Com o time bastante desfalcado, arrancou o 1 a 1 diante do São Paulo. O resultado, a meu ver, foi bom para os outros postulantes ao G isso ou aquilo, entre eles o Grêmio.

Agora, cabe ao Grêmio fazer a sua parte, bater o Criciúma. Se ocorrer empate, será de antemão um mau resultado, péssimo resultado.

Então, há empates e empates.

Cabe destacar que o gol colorado foi em impedimento, fato praticamente omitido ou atenuado aqui em Porto Alegre.

Curioso é que o incontrolável Fabrício foi expulso e saiu esbravejando ‘Juiz ladrão’ ou algo parecido.