Categorias
Blog do Ilgo

Eu acredito no Felipão

O abraço dos jogadores em Felipão na comemoração do gol de Erazo – finalmente um gol de cabeça de zagueiro em cobrança de escanteio, por Douglas, diga-se – foi acima de tudo um sinal de que o treinador continua com o apoio da rapaziada, um apoio que não recebe de muitos torcedores pelas mais diversas razões, uma é a de que ‘está superado’.

Não vou entrar no mérito do que pensam aqueles que não gostam de Felipão – entre eles, o Pedro Ernesto pela forma como se refere ao técnico gremista -, mas penso que muitos que o criticam esperam dele milagres como transformar um time em formação, com dinheiro escasso, em vitorioso num piscar de olhos, só porque esse pessoal veste o manto tricolor.

Acreditem, passou o tempo em que Grêmio e/ou Inter largavam na frente só pelo nome, pela tradição. Hoje, há que se lutar, e muito, contra qualquer adversário. Essa história de que a vitória vem ao natural já passou faz tempo.

Diante do que está posto, Felipão faz um bom trabalho. Acima de tudo um trabalho honesto, transparente.

Criticam o treinador por escalar Matias Rodriguez. Será que ele não faz isso para colocar esse ‘talento’ descoberto por Rui Costa na vitrine? Já pensaram nessa possibilidade?

Acontecem coisas nos bastidores que muitas vezes a gente não fica sabendo, e aí, em caso de resultados ruins, é pau no treinador.

Bem, eu acredito em Felipão. Até porque se não for ele será outro. Por exemplo, Celso Roth. Quem sabe Mano Menezes? Sem comentários.

Fora isso, não considero esse time uma desgraceira como apontam os resultados recentemente obtidos.

Em termos individuais, vejo que o time tem goleiro, zaga e lateral-esquerdo. Esse Júnior joga muito e vai jogar muito mais. Escalado por quem? Não precisam responder.

A lateral direita ainda é um problema. Gallardo precisa render mais. Hoje cometeu um ou outro erro infantil.

No meio de campo – podem me apedrejar! -, gosto desse Marcelo Oliveira. Eclético, vibrante, dedicado e também com boa técnica. Gosto também de Felipe Bastos, que foi muito bem nessa vitória por 2 a 0 sobre o Passo Fundo. Só acho que falta um volante mais pegador, mais mordedor, que guarde mais a posição. Hoje, eu escalaria Wallace como primeiro volante, dando mais liberdade para Felipe e Marcelo.

A partir daí tudo fica mais complicado. Douglas foi muito bem, talvez por que estivesse de ‘aniversário’ nos dois sentidos. Deu umas entregadinhas, mas meteu algumas bolas preciosas. Aí faltou qualidade ofensiva. Everaldo é muito combativo e interessado, mas é preciso mais para ser titular do Grêmio.

Esse guri, Pedro Rocha, com nome de craque, mostrou que pode ser solução. É outro jovem da base. Marcou seu gol em passe de Everaldo.

O desafio maior de Felipão é encontrar a melhor formação do meio para a frente, o que ele só irá conseguir fazendo experiências, testando, observando, tudo isso com o som de cornetas ao fundo e muito ranger de dentes, o que é natural e faz parte.

Bom seria se Felipão pudesse, por exemplo, contratar um Cristiano Ronaldo, aliás, lançado por ele na seleção portuguesa.

Hoje, eu diria que a prioridade em termos de reforços é um camisa 9. E aí é preciso fazer uma pausa na política de austeridade e ir às compras.