Categorias
Blog do Ilgo

O desafio do dirigente e a churrascada

O diretor de futebol do Grêmio participou de um programa na rádio Grenal, onde lançou um repto ao torcedor gremista: que indique um centroavante bom e bato.

Pode ter sido em tom de ironia, algo descabido para quem comanda um setor do clube que acumula equívocos.

Foi, sem dúvida, uma provocação. Uma provocação inoportuna.

Cabe ao dirigente buscar soluções, não transferir responsabilidades ao torcedor. O torcedor já faz muito pagando mensalidades e ingressos para em troca obter migalhas de alegria e um bastantão de decepções e frustrações.

Fico me perguntando se os dirigentes do Grêmio tiram a bunda da cadeira – estofada, claro – e os olhos de DVDs produzidos para encantar, para realmente sair em busca, ralar mesmo, atrás de jogadores que realmente possam reforçar e agregar qualidade ao time.

A gente sempre lembra da segunda divisão paulista. Mas outros campeonatos por aí. O Mineiro, por exemplo.

Será que a Caldense, vice-campeã na terra do Atlético e do Cruzeiro, não tem um jogador sequer que sirva? Sinceramente, não tenho a menor ideia. Mas os dirigentes devem ter a resposta na ponta língua. Caso contrário, entreguem seus cargos.

Aí fui atrás seleção do campeonato mineiro 2015.

Como diria o Jânio Quadros, ei-la:

Goleiro
Rodrigo (Caldense)

Lateral-direito
Marcos Rocha (Atlético)

Zagueiros
Marcelinho (Caldense)
Jemerson (Atlético)

Lateral-esquerdo
Bryan (América)

Meio-campo
Leandro Donizete (Atlético)
Yuri (Caldense)
Arrascaeta (Cruzeiro)

Atacantes

Luiz Eduardo (Caldense)
Lucas Pratto (Atlético)
Leandro Damião (Cruzeiro)

Técnico
Léo Condé (Caldense)

Craque do Mineiro
Lucas Pratto (Atlético)

Uma observação: Tiago, da Caldense, teria sido melhor que Arrascaeta, que foi escolhido porque, lá como aqui, falar espanhol faz a diferença.

Pois esta é a minha contribuição. Se quiserem mais, me chamem que eu varro este país e garimpo jogadores bons e baratos, e até bonitos.

Ao desafio, respondo com outro desafio. Deixem comigo que eu encontro, com ajuda dos botequeiros,  jogadores talentosos e que não falam espanhol.

CHURRASCO

Rumores de que Noveleto, Fernando Carvalho e outros menos votados ofereceram churrasco para a direção da Conmebol. Pode não haver maldade alguma nisso, claro, mas que é uma situação suspeita, é. A consequência do festival de costela e picanha pode aparece nesta noite.

VOLANTES

Finalmente, Felipão parece ter optado pelo esquema que venho defendendo há tempo aqui: três volantes. Não porque eu não goste de dois volantes e dois meias, mas porque não vejo nos meias do time capacidade física e velocidade para exercer a função como se exige hoje, com marcação e saída rápida ao ataque.

Felipão parece decidido a colocar Luan como referência no ataque, algo que defendi principalmente para o segundo Gre-Nal.

Se ele confirmar isso, o Grêmio é capaz de liquidar essa fatura hoje mesmo.