Notícias

Grêmio explica condições ruins do gramado da arena em jogos da Copa América

Lionel Messi e Luis Suárez criticaram o estado do gramado da Arena do Grêmio, após os respectivos jogos de suas seleções. Hoje, segunda-feira, a administradora da Arena, a Arena Porto Alegrense admitiu a má qualidade do gramado e disse que isso se deve a dois fatores: clima e frequência de uso.

De acordo com a administradora, as altas temperaturas nessa fase do ano em Porto Alegre não contribuíram. Além disso, o estádio foi utilizado sete vezes no período, incluindo três jogos e demais treinamentos.

No entanto, a Arena gremista ficou 16 dias sem jogos ou treinamentos, justamente para que houvesse adequação para esse período da Copa América. O Grêmio utilizou a Arena pela ultima vez em 29 de Maio, na vitória contra o Juventude por 3×0.

A Arena irá receber mais um jogo na próxima quinta-feira, quando o Brasil joga pelas quartas-de-final da Copa América, às 21h30, com adversário ainda a definir.

Segue a íntegra da nota divulgada:

“A Arena do Grêmio esclarece que as condições do gramado dependem de algumas variáveis. A combinação de duas delas em particular tem retardado a recuperação plena do mesmo:

A primeira e mais importante é relacionado ao clima. A Ryegrass (grama utilizada no inverno) se desenvolve melhor em temperaturas mais baixas, o que não está ocorrendo em Porto Alegre neste período. Aliada ao sombreamento do inverno (metade do campo), as temperaturas estão mais elevadas, retardando o desenvolvimento da mesma e a sua recuperação pós atividades.

A segunda refere-se justamente à frequência do uso do gramado: Pelas características da competição, durante o período de 14 a 23 de junho o gramado foi utilizado em sete ocasiões (três partidas, um treino de reconhecimento e três treinos de aquecimento no pré-jogo). Os treinos exigem muito do gramado e o afetam de forma heterogênea, apresentando mais desgastes em algumas áreas do campo, dependendo das atividades realizadas.

Estas duas variáveis em concomitância tem contribuído para uma recuperação mais lenta do nosso gramado. Estaremos empenhados e realizando os manejos adequados para alcançar as condições necessárias para a pratica do melhor futebol em nossa arena”.

Fonte: GloboEsporte.com

Fechar