Notícias

Grêmio decide não contratar mais reforços, somente em caso de saídas

Fechada a primeira semana de treinos em Viamão durante a parada da Copa América, o Grêmio tomou uma importante decisão. O clube fechou posição sobre não buscar mais reforços para o resto das competições durante o ano de 2019. Novos jogadores só serão contratados em caso de saída de atletas do clube. Por enquanto, a lista de saída tem apenas Everton. A ideia, agora, é explorar mais as categorias de base do time.

O diretor de futebol do Grêmio, Alberto Guerra, disse à rádio Grenal que poderia contratar dois ou três jogadores, mas foi decidido que o clube não faria esses investimentos pela questão financeira.

O técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, esteve persente na reunião decisiva e liderava a corrente por novas contratações. Em meses passados, quando o Grêmio se mostrou interessado na contratação de Thiago Neves, do Cruzeiro, Renato defendeu a contratação.

Porém, o Grêmio não está salvo de desfalques no elenco. Ainda não se sabe se Everton permanecerá no Grêmio. Mesmo sem ofertas iniciais, o jogador tem se destacado na Copa América e rumores surgiram para sua contratação por clubes europeus. O próprio clube gaúcho admite que a chance de continuar com Everton é pequena. Caso Everton saia, o Grêmio pretende buscar um reforço para sua posição, mas há de se lembrar que a janela de transferência de entrada de jogadores do exterior no Brasil termina antes do período de saídas.

O Grêmio retorna a campo dia 10 de Julho contra o Bahia pela fase decisiva da Copa do Brasil e antes disputará dois amistosos, contra Criciúma e São José-RS, ambos em Porto Alegre.

Fonte: UOL Esporte.

Fechar