Notícias

Grêmio não vai bem contra times da zona do rebaixamento e se distância do topo

O empate do Grêmio contra o CSA ontem, em Maceió, confirmou uma tendência ruim: o Grêmio não vai bem contra times da zona do rebaixamento. Essa tendência reafirma o desempenho de altos e baixos do time gaúcho. O Grêmio com isso está a uma distância significativa do líder Santos, 11 pontos. Em relação à zona de classificação da Libertadores, cinco pontos separam o Grêmio do Atlético-MG, o primeiro no G4.

Até agora, o Grêmio jogou contra Avaí, CSA e Fluminense. Na próxima rodada, recebe a Chapecoense e então encerra os duelos contra os times que estão na zona de rebaixamento. O aproveitamento contra esses times é de 22%. Contra o Avaí, o time com reservas empatou em 1 a 1. Contra o Fluminense, a derrota histórica de virada por 5 a 4, sendo o time titular em campo. Então aconteceu o recesso da Copa América. Depois da parada, o time ainda não perdeu e continuou somando pontos, mas também não venceu nenhum time do Z4.

Como o time está ainda na disputa da Libertadores e da Copa do Brasil, a projeção ainda não preocupa, mas era esperada uma posição mais perto do topo da classificação. Alberto Guerra, diretor do futebol, afirmou: “Apesar de ser time alternativo, era um time forte. Encontra no time alternativo dificuldades que também tem no time titular. Mas apesar disso, é um ponto somado e dentro dessa evolução após a parada não perdemos o jogo”.

O time de Renato Gaúcho volta a campo quinta-feira para a partida decisiva contra o Libertad do Paraguai. O Grêmio tem vantagem de 2 a 0, podendo até perder por um gol de diferença que seguirá na competição.

Fonte: UOL Esporte.

Fechar