Notícias

As 3 piores derrotas do Grêmio em 2019

2019 é certamente um ano difícil para Renato Portaluppi e seus comandados.

Desde a sua contratação em 2016, o Imortal vem vivendo anos dourados, com muitas conquistas e partidas importantes. O Grêmio se recolocou no cenário dos gigantes nacionais.

No entanto, a atual temporada trouxe uma nova realidade aos gremistas: com um elenco modificado, ausências e falta de recomposição, a equipe vem sofrendo derrotas preocupantes ao longo do ano.

A mais recente foi na última quarta-feira (23).

Após um 5 a 0 no Maracanã contra o Flamengo, a única alternativa para o ano gremista ainda ser salvo é uma classificação direta para a Taça Libertadores da América de 2020.

Para isso, os comandados de Renato terão de fazer um grande campeonato nesta reta final.

Confira abaixo as derrotas que foram determinantes para o Grêmio na temporada de 2019, e que podem explicar o atual momento da equipe.

As 3 piores derrotas do Grêmio em 2019

Grêmio 4 x 5 Fluminense – Campeonato Brasileiro

derrotas-grêmio-2019-fluminense
Porto Alegre – 05/05/2019 – Arena do Grêmio.rFluninense enfrenta o Grêmio esta noite pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019.rFOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.r rIMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club.

Na 3ª rodada do Brasileirão desse ano, Fluminense e Grêmio fizeram o provável jogo do ano.

O Grêmio, visando a disputa da Taça Libertadores, utilizou um time alternativo para enfrentar o tricolor do Rio. Mesmo assim, a equipe saiu na frente logo no primeiro tempo. Em menos de 25 minutos, o Imortal já fazia 3 a 0 no Fluminense, e a vitória parecia garantida.

No entanto, o Fluminense buscou a reação logo depois. Com um erro do goleiro reserva Julio Cesar, o adversário conseguiu descontar o placar. Julio, que foi contratado no início de 2019, vive uma carreira de altos e baixos, com falhas que mostram que ele é menos confiável do que se imagina.

O jogo estava em 3 a 2 na virada do segundo tempo. Mas ainda teve mais tempo para muita emoção. Os comandados por Fernando Diniz não negaram seu estilo de jogo e continuaram a atacar. O Grêmio, idem.

Entretanto, o que era impossível aconteceu. O Grêmio marcou 4 gols, mas sofreu 5 de um time que não tinha vitórias no campeonato até então.

Derrota que mostrou certa deficiência do time em algumas posições, entre elas o gol.

Athetico Paranaense 2 x 0 Grêmio – Copa do Brasil 2019 – Semifinal

derrotas-grêmio-2019-athletico
RS – FUTEBOL/COPA DO BRASIL 2019 /GREMIO X ATHLETICO-PR – ESPORTES – Lance da partida entre Gremio e Athletico-PR disputada na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, valida pela Copa do Brasil 2019. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Se no confronto contra o Fluminense a carência de alguns setores era evidente, após a lesão de jogadores chave, a equipe do Grêmio demonstrou insuficiência de reposições.

O lateral Leonardo e o atacante Felipe Vizeu tiveram lesões que os afastaram de toda a temporada, enquanto Pedro Geromel precisou ficar um mês fora.

Para os seus lugares tínhamos Rafael Galhardo/Léo Moura, David Braz e André.

Com todo o respeito aos atletas, mas era uma tarefa muito difícil substituir três grandes peças. No entanto, o time de Renato ainda conseguiu fazer grandes jogos mesmo com ausências. O primeiro da semifinal da Copa foi uma demonstração de força, onde o Grêmio conseguiu dominar o Athletico e vencer por 2 a 0.

Mas o jogo de volta novamente mostrou as fraquezas do elenco. Sem esses jogadores, a equipe do Imortal sucumbiu diante do Athletico: 2 a 0 que cabia mais. E sem um a menos, pois Kannemann fora expulso no começo da segunda etapa.

Nos pênaltis, ficou evidente a necessidade de um bom goleiro. Do lado adversário, Santos conseguiu defender bolas e se consagrar diante dos cobradores gremistas. Já Paulo Victor…

O resultado? O Grêmio era eliminado da Copa do Brasil de 2019 e perdia uma chance preciosa de vaga direta para a Taça Libertadores da América.

Flamengo 5 x 0 Grêmio – Copa Conmebol Libertadores 2019 – Semifinal

derrotas-grêmio-2019-flamengo
RS – FUTEBOL/CONMEBOL LIBERTADORES 2019 /GREMIO X FLAMENGO – ESPORTES – Lance da partida entre Flamengo e Gremio disputada na noite desta quarta-feira, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, valida pela semifinal da Conmebol Libertadores 2019. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Inacreditável.

Essa é a palavra que pode definir o confronto entre Flamengo e Grêmio pela semifinal da Libertadores.

Os dois times, que vinham fazendo um confronto equilibrado nos 30 minutos iniciais, mostraram suas diferenças – de investimento e técnica – de forma tão forte que foi difícil de acreditar.

O jogo tomou caminhos absolutamente inimagináveis no segundo tempo. Méritos da equipe de Jorge Jesus, que jogou em um ritmo frenético até o fim da partida.

Alguns erros da equipe do Grêmio, no entanto, não podem passar despercebidos.

Em primeiro lugar, a lesão de Leonardo abriu uma grande lacuna na lateral-direita do Grêmio, que ninguém conseguiu preencher. Tanto é que Renato escalou Paulo Miranda, um zagueiro, para entrar como titular na vaga.

Outro fato é a composição de um meio-campo com três volantes em um jogo que a equipe precisava da vitória e contra adversários leves e que tem poder de recomposição muito elevado.

Por último, Paulo Victor. O goleiro, que foi dispensado do Flamengo por não ser tão confiável para a titularidade, acabou se tornando o substituto de Marcelo Grohe no ano de 2019. Porém, suas atuações não mostraram o porquê dessa posição ter sido confiada a ele.

No mais, é preciso fazer uma autocrítica. Renato declarou que “até uma mulher grávida faria um gol no Grêmio” naquela fatídica noite. O que o treinador não ressaltou, no entanto, que a falta de peças de reposição para as ausências de Leonardo, Vizeu, Luan e Jean Pyerre devem ser procuradas por treinador e comissão técnica.

E que, caso não haja, algo no planejamento da equipe para temporada falhou. E, assim como 2018, paramos numa semifinal.

Que venham as próximas rodadas do Brasileirão e uma esperança de vaga na Libertadores de 2020. Infelizmente, só nos resta torcer.

Vamos, Imortal!

Fechar