Notícias

Brasil vira o jogo com golaço de Diego Rosa e vence o Chile por 3 a 2

O Brasil está classificado para as Quartas de Final da Copa do Mundo sub-17.

Em confronto realizado no Estádio Bezerrão, no Distrito Federal, a equipe brasileira bateu a seleção chilena pelo placar de 3 a 2.

O jogo, que parecia fácil no minutos iniciais, foi tomando contornos dramáticos, com a seleção ficando atrás do marcador por quase todo o primeiro tempo.

No entanto, os comandados de Guilherme Dalla Déa conseguiram virar a partida na segunda etapa com um golaço de Diego Rosa, meio-campo da base do Grêmio.

Com o resultado, a Seleção Brasileira avança em mais uma fase do Mundial Sub-17. Agora é esperar o oponente para o próximo confronto, que deve acontecer na próxima segunda-feira.

Confira abaixo o resumo completo da vitória dos brasileiros diante dos chilenos.

Brasil e Chile saem empatados em primeiro tempo com muitos gols

brasil-vence-kaio-jorge
Foto: CBF Futebol

A partida de Oitavas de Final entre Brasil e Chile começou quente.

Com 5 minutos, Kaio Jorge fez jogada individual e arriscou de longe. O goleiro chileno Tapia teve que trabalhar e espalmou para fora.

Um minuto depois, o jogador faz nova jogada individual e sofre falta na risca da grande área. Ele pega a bola de Diego Rosa e vai para a cobrança. Kaio cobra a bola no cantinho do gol adversário, 1 a 0 para a Seleção Canarinho.

Aos 14′, o Brasil novamente balançou as redes chilenas. O lateral Gustavo Garcia cruza na área e Kaio Jorge completa para o gol, mas o juiz consulta o árbitro de vídeo e anula o segundo gol da seleção.

Os próximos 10 minutos mostram um claro domínio brasileiro na partida. No entanto, erros estavam fazendo o time chileno chegar muito perto e assustar.

O preço desses erros chegou aos 24 minutos da primeira etapa. Em erro de domínio de João Peglow, Cruz rouba a bola, dribla Diego Rosa e bate para o gol de fora da área. A bola morre no canto direito do goleiro Mateus Donelli, 1 a 1.

Após o gol, a seleção chilena começou a gostar da partida. Aos 31 minutos, Rojas recebeu na entrada da área e bateu para o gol. Dessa vez, Mateus Donelli fez importante defesa e evitou a virada.

Os brasileiros tiveram duas chances que não levaram perigo: uma com Kaio Jorge e outra com Diego Rosa. Mas o pior veio logo depois.

Aos 40′, Cruz recebe um lançamento longo, a defesa dá bobeira e ele, livre, bate no canto esquerdo do goleiro brasileiro. É virada no Bezerrão! 2 a 1 para os chilenos.

Mas o Brasil conseguiu reagir antes dos times irem para o vestiário. Aos 44′, Patryck faz lançamento para Veron, que recebe e chuta para defesa de Tapia. No rebote, Kaio Jorge tenta driblar o goleiro e sofre pênalti.

João Peglow pega a bola para a cobrança, mas Kaio dá um chega pra lá e bate, convertendo e empatando a partida, 2 a 2.

As equipes vão para o intervalo após um primeiro tempo de muitos gols.

Diego Rosa acerta um golaço e Brasil garante a classificação

brasil-diego-rosa-golaço
Foto: CBF Futebol

O segundo tempo foi morno e com poucas chances de ambos os lados.

A primeira oportunidade foi apenas aos 11 minutos, quando Aravena ficou com a bola dentro da área após falha da defesa brasileira. O chileno tenta, mas chuta a bola para o lado.

Aos 16′, Oroz recebe a bola do lado direita e cruza em direção à meta de Mateus Donelli, a bola passa na frente dos zagueiros e sai pela linha de fundo, que susto!

Mas aos 18′, os refrescos! O guri do Grêmio Diego Rosa recebe fora da área, domina e chuta. A bola ainda encosta nas mãos do goleiro Tapia e morre no ângulo da meta adversária, virada da Seleção Canarinho, 3 a 2.

Logo depois, Veron faz ótima jogada no lado esquerdo e cruza para a área. Kaio Jorge, livre, cabeceia no canto esquerdo do gol, mas a bola vai para fora, perdendo a chance de fazer o quarto e liquidar a fatura.

O jogo, após o terceiro gol, não teve muitas emoções, apenas uma bola de Pedro Lucas, outro guri gremista, que chutou na rede pelo lado de fora. Nada mais rolou além disso.

Aos 50′, o árbitro encerrou a partida e decretou a vitória verde e amarela, 3 a 2.

Os meninos do Brasil esperam o vencedor da partida entre Itália e Equador.

Fechar