Categorias
Blog do Ilgo

Éverton garante vitória depois de susto no final: 2 a 1

O Grêmio enfrentou o CSA na certeza de que os gols surgiriam ao natural. Deu umas aceleradas, trocou bola e algumas vezes jogou com o freio de mão puxado, sem pressa para confirmar a vitória. Acabou vencendo por 2 a 1, quando o adversário se preparava para comemorar o empate, obtido aos 44 do segundo tempo.

No final, três minutos depois de sofrer o empate (falha do goleiro Paulo Victor e dos companheiros que abriram a barreira), Éverton pisou fundo no acelerador pelo lado esquerdo e cruzou para Luciano. O atacante não alcançou a bola, mas dificultou para o zagueiro que acabou marcando gol contra.

A sorte ajuda os bons, alguém já disse. E por vezes protege e ampara até aqueles que pouco se esforçam, caso do Grêmio na partida desta noite. Quase que o CSA cometeu o crime, repetindo algo recorrente na Arena, onde times modestos às vezes surpreendem o dono da casa.

Era jogo para golear. Desconfio que o time gremista, time titular, entrou em campo com esse pensamento, acreditando que chegaria aos 3 pontos sem maior esforço.

Foi preciso mais uma vez que o talento de Éverton prevalecesse, levando o time à vitória. Logo aos 7 minutos, Tardelli fez 1 a 0, recebendo passe açucarado de Cebolinha. Foi só escorar e mandar para a rede. É bom que Tardelli marque até para afastar o fantasma de André, que continua por aí rondando e assombrando.

No final, o gol de falta do CSA. A barreira abriu e PV saltou tarde. A fase dele realmente é preocupante, mas é o goleiro que o clube tem para o momento. Além do mais, seu histórico no Grêmio é muito bom. Mas dá uma saudade do Grohe…

Quando tudo se encaminhava para o empate, Éverton escapou pela esquerda para colocar as coisas nos seus devidos lugares.

Com a vitória o Grêmio entra no G-4. E tudo indica, olhando para os concorrentes principais (SP e Corinthians), que dali não sai mais.