Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio se consolida no G-4 com outra atuação indolente

O que eu escrevi na primeira linha da coluna anterior a respeito do jogo contra o CSA vale também para o deste domingo, em Chapecó. Se no anterior houve aquele susto no final, no jogo deste domingo a Chapecoense, apesar de atacar, quase não levou perigo. A vitória por 1 a 0 acabou acontecendo quase sem sobressaltos, ao natural.

Além de consolidar o Grêmio na quarta posição, vaga que eu só comemoro porque sei que algo que o Inter gostaria muito de atingir, a partida serviu para mostrar que, decididamente, não tem como manter no grupo jogadores como Galhardo e Capixaba. Só faltou o André pra completar o trio do pavor.

Será que não tem na base um lateral ligeiramente promissor para ser testado? Se não tem que se busque fora dois laterais titulares, jogadores que cheguem e fardem, ou que ao menos disputem posição com Cortêz e Leonardo.

Sobre o jogo em si, o time pouco criou ofensivamente, atacou com preguiça. Éverton fez uma partida digna de um André. O gol que ele perdeu logo após o golaço de Luciano, de bicicleta, é inaceitável para um atacante medíocre, o que dirá alguém de seleção.

Mas o Éverton tem crédito de sobra, deve estar se preservando para o jogo de domingo contra o Flamengo. Aliás, eu só penso na vendetta como Jesus e seus seguidores.

Sobre Luciano, ele está se afirmando e ganhando posição. Temos que torcer muito por esse jogador, que ele continua fazendo gols e que não se lesione. A grande missão dele é não deixar André jogar.

Agora, não critico o time por repetir a atuação indolente que teve contra o CSA. Penso que os titulares todos só pensam ‘naquilo’: a revanche contra o Flamengo. Não recupera a vaga perdida na final da Libertadores, mas aumenta a auto-estima.

Anotem: domingo, 16h, na Arena.

Pena que Luan e Jean Pyerre continuem de fora.