Notícias

Brasil enfrenta a França em busca de uma vaga na Final do Mundial Sub-17

Brasil e França tem uma grande tradição no futebol mundial.

Ambas as seleções já se enfrentaram diversas vezes em Copas do Mundo da categoria profissional. Em 1998, eles decidiram o Mundial no país francês. E o 3 a 0 para os donos da casa ainda está na memória dos brasileiros.

Todos os garotos do Mundial Sub-17 não assistiram à partida e tentam escrever um novo capítulo nessa história de grandes partidas.

As equipes se enfrentam hoje, 14, às 20h, no Estádio Bezerrão, em Brasília. O vencedor da partida leva uma vaga para a grande final do Mundial Sub-17.

Caso o Brasil avance para a decisão, será a sexta vez que a seleção estará disputando uma final do Mundial da categoria. Nas outras 5 ocasiões, os brasileiros venceram 3 (1997, 1999, 2003) e foram vice em duas (1995, 2005).

Já para os franceses chegar à final significa a oportunidade de conquistar o bicampeonato. Em 2001, única ocasião em que a França chegou a decisão do Mundial Sub-17, a equipe derrotou a Nigéria por 3 a 0.

Brasil terá retorno de Diego Rosa para enfrentar a França

brasil-treino-frança
Foto: CBF Futebol

Na partida contra a Itália, na última segunda-feira, o treinador Guilherme Dalla Déa não pode contar com Diego Rosa, meio-campo do Grêmio que vinha se destacando no mundial. O jogador estava cumprindo suspensão automática.

No entanto, Diego retorna para a partida e pode ser titular no lugar de Talles Costa, que o substituiu contra a Itália.

O treinador deve manter a escalação com Pedro Lucas, outro jogador da base gremista, que substituiu Thalles Magno, que se lesionou durante o confronto contra o Chile, pelas Oitavas de Final da competição.

Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que a proposta do time vai ser ofensiva, mas que é preciso paciência e cautela para encarar a França:

– Acho que o jogo vai ser jogo de extrema inteligência. Jogo que tem que estar atento desde o primeiro momento, com nível de concentração muito alto. Não vamos mudar nossa característica, mas esse jogo mexe com ânimos, anseios. Nossos atletas estão preparados. Eles têm que saber usufruir desse momento. É um jogo de paciência, de cautela, mas não pode deixar de ser um time ofensivo. – afirmou Dalla Déa.

Brasil x França: escalações e arbitragem

brasil-frança-treino
Foto; CBF Futebol

A Seleção Brasileira deve manter a escalação da última partida, contra a Itália. Apenas Diego Rosa deve retornar para o lugar de Talles Costa. E Yan Couto deve ser mantido na lateral-direita. Thalles Magno é o únicos desfalque da equipe para a partida.

Assim, o Brasil deve ir a campo com Mateus Donelli no gol; Yan Couto, Henri, Luan Patrick e Patryck na defesa; Daniel Cabral, Diego Rosa, João Peglow, Pedro Lucas e Gabriel Veron no meio-campo; Kaio Jorge no ataque.

A França, que é a equipe com o melhor ataque da competição, apostas suas fichas em Adil Aouchiche, camisa 10 da equipe e que já atuou no time principal do Paris Saint-Germain. Para a partida semifinal, o treinador Jean-Claude Giuntini não contará com o meio-campo Lucien Agoume que está cumprindo suspensão automática.

Os franceses devem ir a campo com Zinga no gol; Soppy, Matsima, Kouassi e Pembélé na defesa; Taïbi, Ahamada; Lihadji, Aouchiche e Mbuku no meio-campo; Rutter no ataque.

Ivan Barton, de El Salvador, comandará a arbitragem. David Moran, também de El Salvador e Zachari Zeegelaar, do Suriname, serão seus auxiliares.

Como assistir ao vivo à Brasil x França?

O jogo entre Brasil e França não terá transmissão em TV aberta. No entanto, a cobertura completa será feita em TV a cabo, nos Canais SporTV. A partida começará às 19h30 (horário de Brasília), e a bola rola às 20h.

Os sites esportivos também farão cobertura em tempo real da partida. No globoesporte.com você confere o jogo lance a lance. Já no google, você terá acesso a estatísticas atualizadas da partida e os melhores momentos.

Caso não tenha a opção de assistir pela TV, os sites online também farão transmissão da partida. Você pode acompanhar Brasil x França ao vivo clicando aqui.

Fechar