Notícias

Revanche? Renato diz que jogo contra o Flamengo é uma nova chance de mostrar a capacidade da equipe

O jogo contra o Flamengo será uma revanche?

Para o treinador Renato Portaluppi, não. Em entrevista coletiva após o treinamento da última sexta-feira, 15, ele ressaltou que a partida do próximo domingo não será uma revanche, mas uma oportunidade para mostrar uma evolução na equipe.

Desde a fatídica derrota de 5 a 0 para os rubro-negros no Maracanã, o Imortal embalou uma série invicta de vitórias. Em 5 partidas disputadas, a equipe saiu com os 15 pontos possíveis e arrancou para a 4ª colocação no Campeonato Brasileiro.

Para o treinador, isso mostra a força da equipe e prova que o Grêmio pode alcançar melhores resultados daqui para a frente.

– Não. Nós estamos entalados com o nosso desempenho. O Flamengo fez a parte dele. O Flamengo jogou futebol como fez isso muito bem nos últimos cinco meses. Nos atropelou porque demos oportunidade. Não está entalado não. Nós é que infelizmente não estivemos numa noite que a gente costuma estar em uma semifinal de Libertadores. O Flamengo fez o que vinha fazendo, jogou futebol, aproveitou as oportunidades e venceu. Não tem nada de revanche agora pelo Brasileiro. Espero que minha equipe esteja numa noite melhor do que aquela no Maracanã. Uma tarde, melhor dizendo, do Gre-Nal, que jogamos bem. Nada de revanche – declarou Renato

Sem o clima de revanche, Renato diz que é importante manter o foco na reta final do campeonato

sem-revanche-grêmio
Foto: Lucas Bubois

Faltando menos de 5 rodadas para o fim do Brasileirão, o Grêmio está com 56 pontos e encaminhando a vaga direta para a disputa da Copa Conmebol Libertadores do ano que vem.

Perguntado sobre o que poderia ser importante para a equipe nesta reta final, Renato declarou que o time precisa de três qualidades: concentração, foco e competitividade.

Importante é fazer o que estamos acostumados a fazer há muito tempo. As palavras que sempre peço. Estar focado e concentrado e competir. Essas três palavras sempre coloco. Eles têm feito. Não é porque o Vasco fez e fez muito bem, que minha equipe não faz. A gente faz sim. Pode ter certeza que o exemplo do Grêmio é o exemplo para outras equipes  – afimou o treinador.

Grêmio e Flamengo se enfrentam no domingo, às 16h, na Arena.

Fechar