Notícias

Com temporada abaixo do esperado, Diego Tardelli pode sair do clube em 2020

Diego Tardelli foi o grande reforço da temporada do Grêmio.

Multi-campeão no Brasil e convocado várias vezes para a seleção nacional, o jogador voltou ao País após uma longa estadia na China, onde foi jogar em 2014.

Com a chegada do atacante, acreditava-se que os problemas relacionados a artilharia da equipe estariam solucionados, mas não foi o que se viu durante a temporada.

Após alguns problemas com lesão e partidas no banco de reservas, o ano de Tardelli não foi dos melhores e o jogador não decolou com a camisa do Imortal.

Dessa forma, existe a possibilidade que o jogador não seja mantido para o plantel de 2020.

Na derrota para o Athletico Paranaense na noite de ontem, o jogador foi expulso após uma entrada por trás em Nikão. Com isso, ele estará suspenso para a próxima partida da equipe, que pode decidir uma vaga direta para a fase de grupos da Copa Conmebol Libertadores.

Com apenas três rodadas para mostrar serviço após a suspensão, não é provável que suas atuações convençam a diretoria de que o investimento é necessário para o ano que vem.

Vale ressaltar que os diretores do clube já afirmaram que os investimentos não serão maiores que os R$ 19 milhões feitos em 2019. Isso foi, inclusive, motivo de reclamação pública do treinador Renato Portaluppi.

Renato considera expulsão de Tardelli uma “atitude infantil”

tardelli-expulsão-renato
RS – FUTEBOL/TREINO GREMIO – ESPORTES – Jogadores do Gremio realizam treino durante a tarde desta terca-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, na preparação para o Campeonato Brasileiro 2019. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Após a partida, como é de costume, Renato Gaúcho foi conceder entrevista coletiva para os jornalistas presentes na Arena da Baixada.

Um dos assuntos, é claro, era a expulsão de Diego Tardelli aos 21 minutos do segundo tempo e o quão prejudicada ficou a equipe Tricolor após o acontecimento.

O treinador considerou infantil a atitude do atleta, mas reiterou que o jogador já se desculpou pelo ocorrido. Além disso, ressaltou que, mesmo com a expulsão do atacante, a equipe já vinha passando por problemas durante a partida.

– Foi um lance infantil dele (Tardelli). Já pediu desculpa para o grupo. Mas a regra é para todos, vai ter a punição, a multa. Infelizmente, já é difícil 11 contra 11. Já estávamos com problemas. – salientou Renato.

Além do atacante, Matheus Henrique é outro que está fora da partida contra o São Paulo. O jogador tomou o terceiro cartão amarelo e desfalcará a equipe.

Será o primeiro jogo desde o início da arrancada do Grêmio no segundo turno em que Matheus Henrique e Tardelli ficarão de fora.

Caso o clube vença a partida, estará classificado automaticamente para a fase de grupos da Taça Libertadores do ano que vem.

Além de Tardelli, outros jogadores também podem não permanecer

tardelli-e-outras-dispensas
RS – FUTEBOL/CAMPEONATO BRASILEIRO 2019 /GREMIO X ATHLETICO-PR – ESPORTES – Lance da partida entre Athletivo-PR e Gremio disputada na noite deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, em partida valida pela Campeonato Brasileiro 2019. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

A má fase de Diego Tardelli também chegou às redes sociais. O jogador respondeu um torcedor no Instagram na semana passada, e a mensagem deixada causou polêmicas e dúvidas sobre a sua permanência no clube.

O atacante, ao ser criticado por receber R$ 1 milhão e não render o esperado, respondeu: “Aguenta firme aí, só mais 18 dia (sic), depois você não precisa mais me pagar não, combinado? Deus abençoe a sua vida!!”

No entanto, o atleta não é o único na fila das possíveis dispensas. No fim de 2019, os contratos de Paulo Victor e Léo Moura se encerrarão. André e Michel, criticados pela torcida, podem não permanecer por questões técnicas.

Outros, como Everton, Jean Pyerre e Pepê, podem sofrer forte pressão do mercado para se transferirem no fim da temporada. Cebolinha, inclusive, já foi sondado durante o período da Copa América.

A diretoria do clube já sinalizou que pode diminuir a folha salarial do ano que vem ao abrir espaço com a venda ou não-renovação de medalhões da equipe.

Ao ser questionado sobre o assunto, o treinador Renato Portaluppi, que colocou a chegada de novos reforços como uma condicional para a sua permanência, declarou em entrevista coletiva na semana passada:

— Qual ano não tem troca, jogadores saindo e chegando? As pessoas falam como se fosse novidade, mas não é novidade para ninguém, acontece. Não vou dar nomes, não vai ser problema meu. Vou entrar de férias, fazer minhas coisas. Quem vai sair, é outra história.

Fechar