Notícias

Luan joga partida beneficente e Renato critica sua atitude

Luan está desde o fim de outubro afastado dos gramados. O jogador sofreu uma lesão no tornozelo direito que o impediu de disputar as últimas partidas do Campeonato Brasileiro, além do segundo jogo da semifinal da Copa Conmebol Libertadores, onde o Grêmio foi eliminado.

Na noite dessa terça-feira, 10, o jogador participou de um jogo amistoso promovido pelo ex-jogador Emerson Sheik. A partida ocorreu na Arena Corinthians, e por isso as perguntas sobre o seu destino foram o foco de sua entrevista após o jogo.

Como já informado pelo nosso site e demais portais de notícias, o clube paulista estaria interessado em adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta, que beiram a casa dos R$ 25 milhões de reais.

Nessa ou nas próximas semanas, o empresário do atleta, Marcelo Pitombeira, se reunirá com as diretorias de Corinthians e Grêmio para negociar o destino do atacante. O presidente gremista Romildo Bolzan Jr se declarou estar aberto a negociações.

Renato diz que a participação de Luan em partida beneficente foi “arriscada”

luan-atitude-arriscada-diz-renato
Foto: Raphael Zarko

Após o fim do Campeonato Brasileiro, o treinador Renato Portaluppi foi para o Rio de Janeiro, onde está fazendo o curso de formação de treinadores da Confederação Brasileira de Futebol.

Lá, Renato foi perguntado pelos repórteres sobre a sua situação e a de alguns jogadores, como Luan. O treinador declarou que o atacante pediu para atuar contra o Goiás, no último domingo, mas o Departamento Médico do clube acreditou que o jogador ainda não estaria em 100% de suas condições. Por isso, ele viu a atuação do jogador em Itaquera como um risco, mas deseja que o mesmo esteja totalmente recuperado na sua reapresentação ao clube.

– Ele até pediu para jogar o último jogo contra o Goiás. Mas não estava pronto para jogar ainda. Não é assim que a banda toca, sai do DM, dá algumas voltas no campo e vou jogar. Você precisa se preparar. Ele mostrou que está bom da lesão, mas não estava pronto para jogar. Ele é bom garoto. Inclusive, jogar este jogo ele até arriscou. No momento que você vai para um jogo desse, sem se preparar, você corre risco de ter um outro tipo de lesão. Mas, agora eles estão de férias. Fazer o quê? Eu espero que, se for no Grêmio, ele se apresente 100% – declarou Portaluppi.

A equipe gremista se reapresentará na metade do mês de janeiro para a pré-temporada. Com a proximidade dos primeiros jogos do ano, é possível que os jogadores de transição e atletas da base sejam titulares nas primeiras partidas do Tricolor em 2020, como a final da Recopa Gaúcha e a primeira rodada do Campeonato Gaúcho.

Luan admitiu que ficou feliz ao ver outra torcida gritando seu nome

luan-admite-estar-feliz
Reprodução/Twitter

Luan é um dos melhores jogadores em atividade no País. Seu currículo é invejável, e sua pouca idade ainda o colocam na prateleira mais alta para o mercado interno. Contratá-lo ainda é uma grande jogada de uma diretoria. E o Corinthians sabe disso.

Desde a chegada de Tiago Nunes ao clube, ainda em novembro, o jogador começou a ser especulado pelos principais portais de notícias esportivas. O gerente de futebol do clube, Duílio Monteiro, admitiu o interesse pelo jogador. Na partida de ontem, Luan foi questionado sobre uma possível negociação, e o mesmo respondeu que isso ficará a cargo de seu empresário, Marcelo Pitombeira.

– Não preciso ter pressa, sou jogador do Grêmio. Deixo meu empresário (Paulo Pitombeira) e a direção do Grêmio cuidarem disso. Eu procuro não me preocupar, só descansar, focar em poder voltar bem para 2020 – comentou o atacante.

No entanto, sabe-se que o Corinthians foi o time do coração na infância do jogador. Para ele, isso não é um problema, já que ele é um profissional contratado por outro clube e, por isso, é necessário manter o respeito.

– Primeiramente, para mim, vem o respeito. O fato de eu ter torcido para o Corinthians… todos na infância tem um time. O respeito que eu tenho pelo Grêmio e pela torcida vale muito mais do que apenas torcer. Claro que sempre tive um carinho pelo Corinthians, que era meu time de infância, nunca neguei. Sempre que entrei em campo com a camisa do Grêmio procurei representar, retribuir da melhor maneira possível – completou Luan.

As negociações em torno do destino do atacante devem ser resolvidas antes do fim do ano. Aqui no nosso site você fica atualizado sobre todas as informações do mercado.

Botão Voltar ao topo