Notícias

Liverpool bate o Flamengo e é campeão mundial de clubes de 2019

O Liverpool se tornou o campeão da Copa do Mundo de clubes da FIFA 2019, em Doha, no Catar.

Em uma partida difícil, a equipe derrotou o Flamengo por 1 a 0 na prorrogação e chegou a primeiro título da sua história. É a segunda vez em que ambos os times se enfrentam no torneio. Em 1981, em Tóquio, no Japão, os rubro-negros tinham levado a melhor ao vencerem os ingleses por 3 a 0.

O time do Liverpool segue uma das equipes mais difíceis a serem batidas no mundo. Desde o início da temporada, apenas o Napoli derrotou os ingleses, em partida válida pela fase de grupos da UEFA Champions League.

Aqui no nosso site você confere um resumo completo de como foi a decisão entre Liverpool e Flamengo.

Flamengo domina Liverpool no primeiro tempo mas times vão pros vestiários sem gols

flamengo-domina-liverpool
Reprodução/Twitter (Liverpool FC)

Liverpool e Flamengo entraram em campo em busca da glória. Os brasileiros, no entanto, tiveram mais tempo para se preparar. Após o fim do Campeonato Brasileiro, a equipe jogou apenas contra o Al-Hilal, enquanto o Liverpool está numa maratona intensa de partidas, tendo até mesmo que jogar com o time sub-23 na Copa da Liga Inglesa, pois a partida de quartas-de-final seria um dia antes da semifinal do Mundial.

Quando os ingleses aceleravam o ritmo do jogo, o Flamengo chegava atrasado ou perdia na corrida. Foi isso que aconteceu aos 1′ e aos 4′, quando em dois lançamentos longos, os atacantes dos Reds surgiram livres para finalizar. Primeiro, Firmino jogou a bola por cima do gol de Diego Alves. Depois, Salah recebeu e rolou para trás, mas Keita jogou longe da meta rubro-negra.

Aos 6 minutos, Alexander-Arnold arriscou uma bola de fora da área que passou tirando tinta da trave no lado direito. Mas a partir daí a intensidade da partida caiu, o que deu o Flamengo a chance de evoluir no jogo. A primeira grande chance surgiu dos pés de Bruno Henrique, que tabelou com Gerson e cruzou na área dos ingleses, mas a bola passou por todo mundo, levando perigo.

Aos 24′, Bruno Henrique novamente é acionado e arranca. Na sua jogada de especialidade, o atacante dribla o zagueiro Joe Gomez e arrisca para a defesa de Alisson, mas o bandeira marca impedimento no lance. Dois minutos depois, o mesmo Bruno Henrique recebe lançamento longo, invade a área pela esquerda e arrisca. Dessa vez, Gomez consegue cortar com o bico da chuteira para escanteio.

O Flamengo ainda chega novamente com Bruno Henrique de cabeça, mas a bola bate na zaga, que consegue afastar. O time rubro-negro vai para o intervalo impondo uma vantagem na posse de bola e, jogando mais, coloca a equipe do Liverpool no seu campo defensivo durante todo o primeiro tempo.

Segundo tempo termina empatado, e Firmino decide para o Liverpool na prorrogação

firmino-decide-para-o-liverpool
Reprodução/Twitter (Liverpool FC)

O segundo tempo foi mais estudado que o primeiro, as equipes sabiam que poderiam sofrer com o ataque adversário a qualquer momento. O Liverpool, no entanto, tentou tomar a iniciativa desde o primeiro minuto, e quase chegou ao gol. Henderson lançou a bola para Firmino, o jogador deu um chapéu em Rodrigo Caio e finalizou de dentro da área. A bola foi com força na trave de Diego Alves e quase abre o placar para equipe vermelha.

Aos 4′, Alexander-Arnold ataca a linha de fundo e cruza para Salah. O egípcio acha um espaço entre os zagueiros para arriscar, mas a bola sai no canto esquerdo de Diego Alves. O Flamengo revidou aos 8′, quando Gabigol acionou Everton Ribeiro, e o capitão rubro-negro invadiu a área e arriscou. Alisson teve trabalho para defender, se esticando todo para espalmar para escanteio.

Uma nova chance de perigo no jogo surge apenas aos 24 minutos. Bruno Henrique faz nova jogada pela esquerda e cruza para a área. Gabigol tenta uma bicicleta e chuta nas mãos de Alisson. Aos 35′, Firmino recebe de Mané e cruza para a área. A bola passa por todo mundo e sobra nos pés de Alexander-Arnold. O lateral ajeita e arrisca de fora da área, mas a bola bate na zaga e Diego Alves defende sem perigo.

Aos 40′, Salah recebe a bola de Mané e faz jogada pela direita. O egípcio rola para trás e Henderson arrisca um chutaço no ângulo, exigindo uma defesa espetacular de Diego Alves. O Liverpool chegava com mais força no fim da partida, e pressionava o Flamengo. Aos 45′, Mané saiu de cara para o gol e chutou para fora, mas o árbitro marcou pênalti de Rafinha. Após consultar o VAR, porém, mandou voltar o lance.

Os times foram para mais 30 minutos de prorrogação com o 0 a 0 no placar ao fim dos 90 minutos. No tempo extra, a primeira boa chance foram dos rubro-negros. Em excelente jogada de Vitinho, o jogador fez cruzamento pela esquerda. Gabigol tentou finalizar mas cabeceou mal, exigindo que Van Dijk fizesse o corte e tirasse o perigo da área inglesa.

Aos 8 minutos da prorrogação vem o gol do título. Henderson recebe a bola no campo defensivo do Liverpool e lança para a frente. Mané recebe e arranca entre os zagueiros. Pablo Marí tenta fazer a cobertura mas o senegalês encontra Roberto Firmino sozinho. O atacante brasileiro dribla Diego Alves e tira Rodrigo Caio da jogada, jogando a bola para o fundo do gol e abrindo o placar em Doha, 1 a 0 para o Liverpool!

O Flamengo ainda tentou reagir. Gabigol recebeu a bola dentro da área e arriscou, mas acertou a rede pelo lado de fora. Durante todo o segundo tempo da prorrogação, o Liverpool segurou o resultado. Ao fim dos 120 minutos, o árbitro decretou o fim da partida e a vitória dos ingleses. É a primeira conquista da equipe em Mundiais de Clubes da FIFA, se juntando ao Manchester United como os únicos times do país a vencerem o torneio.

Confira também:

Fechar