Grêmio monitora novos nomes para o meio-campo na última semana de 2019

A última semana de 2019 chegou, mas mesmo assim o Grêmio continua consultando o mercado. A grande preocupação da equipe está no meio-campo. Mesmo que não seja comum a consolidação de negociações no período pré-Reveillon, o time monitora a situação de alguns jogadores para compor seu elenco na próxima temporada.

Como informamos no último dia 22, o tricolor procura novas opções para o meio-campo. Maicon e Matheus Henrique estarão fora da pré-temporada por motivos diferentes, e o time ainda teve a saída de Luan para o Corinthians, além de uma possível venda de Thonny Anderson, que poderia fazer a função do ex-Rei da América.

As primeiras opções sondadas pelo Grêmio foram a de Raphael Veiga e Caio Henrique. O primeiro parece estar longe dos gramados de Porto Alegre, enquanto o segundo, que se destacou em 2019 por jogar na lateral-esquerda do Fluminense, pode estar mais perto de vestir a camisa do nosso tricolor. Falou-se até numa possível repatriação do ex-volante gremista Lucas Leiva, que está na Lazio, da Itália. A negociação, no entanto, só ficou no imaginário do torcedor.

Essa semana, outras opções começaram a ser cogitadas. Confira quem foram os dois nomes que foram sondados para fazer parte do meio-campo do Grêmio em 2020.

Volante cruzeirense e meia santista são os outros nomes sondados para o meio-campo gremista

volante-cruzeirense-e-meio-campo-santista
Foto: Ricardo Moreira/BP Filmes

O primeiro nome a ser cogitado pela diretoria do Grêmio essa semana foi o do volante Lucas Silva. Bicampeão brasileiro e da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, o jogador está sem clube desde agosto, quando rescindiu seu contrato de forma amigável com o Real Madrid. O site GaúchaZH apurou e o globoesporte.com confirmou que o clube tem interesse no atleta, que já é antigo, e iniciou as conversas.

O jogador chegaria para suprir uma posição carente no meio-campo gremista. Com as saídas de Rômulo e possivelmente de Michel, além das ausências de Maicon e Matheus Henrique, a equipe teria somente Darlan, Frizzo e Thaciano como opções para o começo da temporada. Além disso, Lucas Silva é também o atleta com o “perfil ideal” para a diretoria do clube, por ser um volante alto mas com boa saída de bola.

É possível que as negociações se encerrem antes mesmo do fim do ano ou no máximo nas primeiras semanas de 2020. Por ser um agente livre, Lucas Silva viria a custo zero para o clube. Após o fim do seu empréstimo ao Cruzeiro e rescisão do contrato com o Real, o jogador mantém seu condicionamento físico acompanhado de um profissional em Goiás, cidade onde o meio-campo reside.

Outro jogador que pode estar na mira do Imortal é Carlos Sanchez, meio-campo ofensivo e um dos pilares do Santos, vice-campeão brasileiro de 2019. Conforme apurou o globoesporte.com na manhã de ontem, o Grêmio monitora a situação do atleta, mas fazer uma grande investida devido à boa relação que tem com o clube santista. O Santos passa por um momento de dificuldade financeira, por isso terá de se desfazer de alguns jogadores de custo maior. Isso pode ser um trunfo para o tricolor, já que Sanchez é um jogador com alto salário.

Mesmo que o clube monitore o atleta, o presidente Romildo Bolzan Junior, em contato com o globoesporte.com, afirmou que a negociação é “quase impossível. De acordo com o mandatário, o clube mantém contato com vários atletas, sendo essas aproximações sendo feitas de forma sigilosa ou não. No entanto, acredita que o clube não apresentará nenhum novo reforço antes do começo de 2020. Por enquanto, todos os jogadores – especulados ou não – estão na fase de negociações.

Confira também: