Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio altera sua fotografia de forma criteriosa

O Grêmio começa a temporada dia 9, quinta-feira, com duas contratações. Supostamente, dois reforços. Isso o tempo irá dizer.

Tardeli e André também era dois ‘reforços’, mas foram contratações que acabaram decepcionando e frustrando. Se essa dupla tivesse dado a resposta que se esperava, o time por certo renderia mais e talvez estivesse hoje com pelo menos mais um troféu em sua invejável galeria de grandes conquistas, justificando o milionário investimento feito.

Mas futebol é assim mesmo. Os dirigentes mais erram do que acertam, porque o imponderável é uma nuvem escura que assombra cada iniciativa. Cada contratação é uma aposta, e isso vale também para jogadores de renome como os dois citados.

O que eu não aceito, e me deixa revoltado, são contratações caras feitas a toque de caixa, sem melhor apuração rigorosa e criteriosa sobre a vida do jogador fora de campo. Nem vou citar exemplos porque perderia meu tempo e o de vocês.

O passado ficou para trás, mas lança luzes para o presente e o futuro. Espero que os dirigentes (leia-se Romildo Bolzan) e seu braço direito no futebol, Renato Portaluppi, estejam contratando também cidadãos e fugindo dos chamados boleiros, como esses que gostam de infernizar a vida dos vizinhos com festas que varam a madrugada.

Ah, e por favor, RB e Renato, afastem-se dos jogadores que voltam ao Brasil com os bolsos cheios de dinheiro e que só chegam para fazer o tempo passar, milionariamente remunerados, zombando escandalosamente do

Cuidado, também, com os ex-jogadores que se oferecem a todo instante usando as redes sociais e a mídia tradicional para difundir ‘notícias’ de que estão em negociação e/ou estão disponíveis para voltar ao clube. Aqui, refiro-me ao Edilson, cujo futuro deve ser o Avaí ou algo assim, porque a história dele no Grêmio acabou.

Será um acinte esse possível retorno do Edilson, como defendem alguns neófitos ou inocentes úteis. Se eu já não tivesse cancelado meu título de sócio, rasgaria a carteira.

É impressionante o esforço de alguns setores da imprensa para recolocar Edilson no Grêmio.

Enfim, chegamos a Victor Ferraz e Lucas Silva. Não aprovo nem desaprovo – e isto não faz qualquer diferença -, mas fico com um pé atrás. Os dois nunca chamaram minha atenção, o que também não quer dizer grande coisa, admito, apesar do meu histórico de farejador de talentos.

Mas ambos vêm de dois grandes clubes. Lucas Silva tem passagem pelo Real Madrid, o que não é pra qualquer um. A imagem que tenho dele é de ser um volante/meia operário, como o Ramiro, talvez com um passe mais qualificado.

Espero que os dois possam ser considerados realmente reforços com o passar dos jogos, e reforços que acrescentem muita qualidade ao time.

Tem esse Caio Henrique, que está pra chegar, segundo leio. É outro que parece ser uma aquisição importante. Vamos ver.

O principal é que a direção está fazendo contratações cirúrgicas, seguindo o clamor da torcida.

É o Grêmio alterando sua fotografia.

Que tenhamos todos um ano de conquistas, valorizando mais o Brasileirão, sem deixar de seguir investindo nas Copas.