Notícias

Depois de interromper as buscas, Grêmio volta a procurar um goleiro para 2020

No último dia 3, informamos no nosso site a maneira como o Grêmio estaria conduzindo suas negociações para ter um novo goleiro em 2020. De acordo com diversos sites esportivos, a notícia era que o clube havia interrompido as buscas por um jogador da posição, visando dar maior espaço e tempo de jogo para Phelipe Megiolaro, terceiro na hierarquia dos arqueiros e uma das promessas da base do tricolor.

Mas, as notícias do final de semana mostram que a diretoria do Grêmio espera sim ter um novo goleiro para a temporada. No entanto, as buscas por nomes está sendo feita “sem pressa”, conforme informaram os repórteres Diego Guichard e Lucas Bubois, do site globoesporte.com. Essa paciência para escolher um atleta se dá pela necessidade de fechar com jogadores de linha. A equipe ainda sofre com falta de nomes disponíveis para algumas posições, e está priorizando isso, já que possui quatro goleiros para 2020.

O globoesporte.com também apurou que o nome para a posição pode vir de fora do país. Foram estudados os nomes de Nahuel Guzmán, do Tigres (México) e Andrada, do Boca Juniors. Além disso, o jornal argentino TyC Sports fez uma reportagem listando outros nomes que poderiam fazer parte do elenco gremista na próxima temporada. Nela, apareceram os goleiros Sergio Romero (Manchester United), Fernando Muslera (Galatasaray) e Martín Campaña (Independiente).

Porém, mesmo que o Grêmio esteja a procura de um arqueiro, Paulo Victor começará a temporada como titular da equipe. Conforme informamos no último dia 3, o jogador possui a confiança do treinador Renato Portaluppi, que espera que ele recupere a boa fase em 2020. Além disso, Phelipe estará servindo à Seleção Brasileira no Pré-Olímpico, que acontecerá entre os meses de janeiro e fevereiro. Dessa forma, apenas Julio Cesar e Vinicius Machado, recém-promovido das categorias de base gremista, serão opções ao goleiro titular.

Reserva no Santos, Vanderlei é especulado para ser goleiro do Grêmio em 2020

Vanderlei-é-especulado-para-ser-goleiro-do-Grêmio-em-2020
Foto: RODRIGO ZIEBELL/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Com as especulações sobre a contratação de um novo goleiro para a temporada, o nome de Vanderlei, reserva no Santos, começou a ser especulado. De acordo com o globoesporte.com, o nome agrada a diretoria gremista, que espera a definição do seu futuro no clube santista para entrar em contato. O empresário do atleta, Carlos Eduardo, está no Brasil nessa segunda-feira para se reunir com os mandatários do time da Vila Belmiro para decidir se ele ficará ou não em Santos.

De acordo com o jornalista Luã Hernandez, do site Zero Hora, o clube não procura de forma oficial um goleiro, corroborando a informação dada pelo globoesporte.com. Porém, Luã acrescenta uma conversa de bastidores, onde o que se fala é que o tricolor estaria buscando um goleiro experiente para disputar a posição com Paulo Victor. E, por se tratar de um jogador em fim de contrato, o nome de Vanderlei agrada a diretoria gremista. No entanto, o empresário do atleta declarou ao globoesporte que não existe nenhum contato oficial com o Grêmio.

Vanderlei tem 35 anos, e se destacou para o futebol nacional vestindo a camisa do Coritiba. Lá, foram 301 jogos, cinco conquistas do Campeonato Paranaense e duas do Campeonato Brasileiro da Serie B, em 2007 e 2010. A GaúchaZH procurou Felipe Dalke, da rádio paranaense Banda B, para comentar sobre os pontos fortes do goleiro.

— Ele sempre teve um poder de decisão muito grande, fazia defesas dificílimas, mas tinha dificuldade na saída do gol. Isso, no Santos, ele aprimorou bastante. É um jogador que pode contribuir demais para o Grêmio, até porque vimos o Paulo Victor falhar bastante neste ano, e o Vanderlei evoluiu demais nos últimos anos. Antes ele era um grande goleiro embaixo da trave, fazendo defesas magníficas, mas errava na saída de bola e acabava complicado a equipe. Mas acho que, mesmo com a idade que tem hoje, pode ajudar o Grêmio – ressaltou Felipe.

Em 2019, o treinador do Santos, Jorge Sampaoli, pediu a diretoria do clube a chegada de um goleiro que soubesse jogar com os pés, pois não confiava em Vanderlei nesse aspecto. Os mandatários santistas trouxeram Everson, que atuava até então no Ceará, e Sampaoli colocou Vanderlei no banco de reservas. Dessa forma, o jogador atuou em apenas 23 partidas, sofrendo 23 gols (média de 1,0 por jogo). Foram 12 vitórias, 6 empates e 5 derrotas na última temporada.

Confira também:

Fechar