Notícias

Para as laterais, Caio Henrique se aproxima e Edilson fica mais longe

Durante a pré-temporada, uma das prioridades do Grêmio é a contratação de novos jogadores para as laterais. Com apenas Victor Ferraz confirmado no lado direito e sem um nome que possa fazer sombra a Cortez na esquerda, a diretoria gremista corre atrás de nomes no mercado para a posição.

Dentre os sondados para compor o elenco em 2020 estão o de Edilson, campeão da América pelo tricolor em 2017, e Caio Henrique, meio-campo de origem, mas que se destacou pelo Fluminense em 2019 ao atuar na lateral-esquerda.

Conforme informamos no nosso site, o Grêmio encaminhou as negociações de ambos os jogadores. Desde o fim do Campeonato Brasileiro, as especulações por Caio Henrique já tomavam os noticiários envolvendo o Grêmio. Mas o seu vínculo com o tricolor carioca só se encerrou no último dia de 2019.

Dessa forma, a diretoria do Grêmio esperou pacientemente a movimentação do mercado e negociou diretamente com o Atletico de Madrid, da Espanha. Com contrato até o fim de 2022, o jogador poderia ser re-emprestado ou até mesmo vendido. Uma oferta do Valencia, de 12 milhões de euros, foi especulada.

No entanto, as notícias mais recentes é de que Caio Henrique vestirá a camisa do Imortal na próxima temporada. De acordo com o site globoesporte.com, o jogador já tem um acerto com o Grêmio, restando apenas acertar detalhes com a diretoria do clube espanhol. O lateral está com a seleção brasileira, em Teresópolis, se preparando para a disputa do Pré-Olímpico, que começará nesse mês.

Ainda segundo a fonte, a esperança de ter o lateral era tanta que a diretoria tricolor já o esperava na reapresentação dos atletas, no próximo dia 9, o que não será possível devido a sua convocação. Resta saber como serão os moldes do negócio. É possível que Caio Henrique venha apenas por empréstimo de um ano, com o valor de compra fixado. No entanto, não há nada confirmado sobre o contrato.

Ao contrário de Caio Henrique, negociação com Edilson não vai como esperado, e jogador fica mais distante

edilson-fica-longe-do-grêmio-caio-henrique-se-aproxima
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

No último dia 3, informamos no nosso site que o Grêmio iniciou conversas para trazer de volta a Porto Alegre o lateral-direito Edilson, campeão da Copa do Brasil e da Libertadores com o tricolor, e que atualmente está no Cruzeiro. Com a queda do clube celeste para a Serie B do Brasileirão e a grave crise financeira do clube, boa parte do elenco está a procura de um novo time para a próxima temporada.

Os empecilhos para a negociação, no entanto, era em relação aos vencimentos do atleta. O alto salário que tinha no clube mineiro não são compatíveis com o que o tricolor estaria disposto a pagar. Além disso, o Cruzeiro possui uma dívida salarial com Edilson, e o não-pagamento desse débito com o jogador dificulta o avanço nas conversas. Por enquanto, o que se sabe é que o lateral conseguiu a liberação da Raposa, mas não resolveu a situação dos passivos, conforme informou o globoesporte.com.

Dessa forma, Edilson não deve retornar a Porto Alegre por enquanto. Mas, as partes estão dispostas a ter uma nova conversa para decidir o destino do jogador. Atualmente, a lateral-direita é uma posição sensível no Grêmio. Com a lesão de Leonardo Gomes, que só retornará em maio, e as saídas de Léo Moura e Rafael Galhardo, apenas Victor Ferraz, recém-contratado, é opção para a posição.

Em 2019, Edilson atuou em apenas 28 partidas com a camisa celeste. Sua temporada foi marcada por lesões e atuações abaixo da média. O jogador chegaria para compor o elenco, apenas sendo uma peça necessária para quando Ferraz não pudesse estar em campo. Com o início da pré-temporada e com poucos dias de preparação até a estreia da equipe, é possível que o treinador Renato Portaluppi inicie o ano com um lateral-direito da equipe de aspirantes no elenco principal.

Confira também:

Fechar