Notícias

Thonny Anderson é vendido para o Bragantino e Michel é emprestado para o Fortaleza

Depois de atuar na Serie A do Campeonato Brasileiro de 2019 pelo Athletico Paranaense, o meio-campista Thonny Anderson, de 22 anos, foi vendido para o Red Bull Bragantino, clube recém-promovido à primeira divisão nacional.

O jogador chegou ao Grêmio em 2018, quando foi envolvido em uma troca com o lateral-direito Edilson, que foi para o Cruzeiro. O tricolor desembolsou R$ 500 mil por 30% do atleta, enquanto outros 20% vieram pela negociação do ex-camisa 2 gremista. O clube de Bragança Paulista, interessado em jogadores mais jovens e que possam gerar boas revendas no futuro, desembolsou aproximadamente R$ 15 milhões por 35% dos seus direitos econômicos. Assim, o Imortal ainda ficará com 15% de uma futura venda.

Tratado como uma promessa, Thonny Anderson chegou ao Grêmio em 2018 e foi aproveitado com cautela. Em 16 partidas com a camisa do tricolor, o jogador marcou três vezes. Buscando dar mais rodagem ao atleta, a diretoria gremista o emprestou na temporada 2019 para o Athletico Paranaense. Lá, ele foi titular na conquista do Campeonato Estadual, mas pouco atuou em competições nacionais e internacionais. Foram 23 partidas com a camisa do rubro-negro paranaense, marcando novamente três gols.

Em 2020, seu destino é Bragança Paulista. O jogador já se reapresentou junto aos demais atletas do Red Bull, que está concentrada na cidade de Itu, no interior de São Paulo, para a pré-temporada. Ao ser anunciado pelo clube, Thonny Anderson deixou um recado para os torcedores por meio da assessoria de imprensa do Braga.

– Achei muito interessante o que foi apresentado para a minha carreira aqui. Boa parte do elenco foi mantida, e quem está vindo chega para somar. Acredito que vai ser um ano de vitória para todos nós – afirmou o atleta.

Com o desejo de ser treinado por Rogério Ceni, Michel é emprestado para o Fortaleza

michel-é-emprestado-para-o-fortaleza
Foto: Lucas Bubols/GloboEsporte.com

Conforme antecipamos no nosso site na tarde de ontem, 8, Michel era um dos jogadores que não seria aproveitado pela comissão técnica gremista em 2020. O volante, que tinha em Lucas Silva, Darlan e Frizzo uma forte concorrência como primeiro homem do meio-campo gremista, estava sendo especulado em dois clubes. O primeiro era o Vasco, que a pedido do treinador Abel Braga, sondou o estafe do atleta, sem fazer propostas oficiais.

O segundo foi o Fortaleza, clube que tem como treinador Rogério Ceni. Foi ele próprio quem pediu que o clube iniciasse as conversas com a diretoria gremista, acreditando que o jogador possa retornar ao nível de anos anteriores. E, de acordo com o site globoesporte.com, o jogador se despediu do elenco gremista nessa quarta-feira e está de malas prontas para a capital cearense, onde defenderá as cores do Leão do Pici em 2020.

A negociação foi concretizada pelo desejo de Michel de atuar com Rogério. A diretoria não fez grande esforço para mantê-lo no elenco – principalmente após a chegada de Lucas Silva -, e cedeu o atleta por empréstimo para o Fortaleza até o final de 2020. O jogador tem contrato com o tricolor até o fim de 2022 e, por isso, não há preocupação de vendê-lo por agora.

Confira também:

Fechar