Elenco do Grêmio treina e faz avaliações médicas no CT Luiz Carvalho

O ano do Grêmio começou. A equipe, que se reapresentou ontem no Centro de Treinamento Luiz Carvalho, em Porto Alegre, hoje teve o primeiro contato com o campo desde o ano passado. Sob forte calor que atinge a cidade, os jogadores chegaram cedo ao clube para fazer exames médicos. De acordo com o site oficial do tricolor, os atletas passaram por avaliações e, em seguida, foram liberados para correr em volta do gramado. Agora à tarde, o time voltou a fazer avaliações por volta das 15h30.

A única ausência das atividades foi de Renato Portaluppi. Amanhã, o treinador passará por uma ablação, procedimento no coração que já estava agendado desde o fim da temporada. Ele já viajou para o Rio de Janeiro para a cirurgia. Conforme informamos no início da tarde, o técnico está liberado até o próximo dia 20, um dia após a final da Recopa Gaúcha, quando voltará a comandar os treinos da equipe principal. A partida contra o Esporte Clube Pelotas será disputada pela equipe de aspirantes do tricolor.

Após o treinamento da manhã, o volante Maicon concedeu entrevista aos jornalistas presentes no CT. Conforme também foi informado pelo nosso portal, o jogador desistiu de fazer um procedimento no joelho direito, afirmando que durante as férias suas dores diminuíram, não incomodando mais tanto quanto ao fim da temporada. Dessa forma, o atleta está disponível para a comissão técnica nos treinos e nas partidas que o Imortal disputará no começo da temporada. Com isso, apenas Matheus Henrique, que está com a Seleção Pré-Olímpica, será desfalque nas primeiras partidas do Grêmio.

Na coletiva, Maicon também opinou sobre procura do Grêmio por Edilson e a permanência de Diego Tardelli

elenco-do-grêmio-treina-maicon-da-coletiva
Foto: Eduardo Moura/globoesporte.com

Maicon é um dos líderes do elenco gremista. Desde 2015 na equipe e com 34 anos, o jogador é um dos mais experientes e foi campeão em todas as conquistas do clube na Era Renato Portaluppi. Dessa forma, ele tem um grande conhecimento de vestiário e consegue opinar sobre as mais variadas questões dentro do clube. Durante a sua entrevista coletiva na manhã de hoje, o meio-campo falou, além da sua situação médica, sobre a possível permanência de Diego Tardelli e a possível contratação de Edilson, que foi seu companheiro no clube entre 2016 e 2018.

O caso de Diego Tardelli revela uma certa mágoa entre o jogador, a diretoria e os torcedores. No fim de 2019, o atacante pediu para ser liberado e, de acordo com o presidente Romildo Bolzan Junior, isso deveria acontecer. No entanto, na tarde de ontem, 9, quando os atletas se reapresentaram no CT Luiz Carvalho, lá estava Tardelli junto aos demais jogadores. Sua situação, porém, não está definida. Maicon afirmou que acredita que todos deveriam dar uma nova chance para ele, pois trata-se de um jogador diferenciado, mas que é necessário entender se isso também é desejo do jogador.

– Acho (Tardelli) um craque e acho que torcida, presidente, treinador, todo mundo devia tentar mais uma vez com ele. Porque pode acrescentar muito. Mas não sou eu que vou decidir. Tem que ser consenso e saber se ele tem desejo de continuar – afirmou o meio-campista.

Ao falar de Edilson, Maicon demonstrou o imenso carinho que tem pelo lateral. Juntos, os dois foram campeões da Copa do Brasil em 2016 e ajudaram o Grêmio na reconquista da América em 2017. O meio-campo afirmou que deseja o retorno do lateral, hoje no Cruzeiro, acreditando que o mesmo agregaria com sua qualidade no elenco.

– Eu queria muito que o Edilson voltasse. Acho que iria agregar no grupo, sabemos da qualidade dele, mas não somos nós a tomar a decisão. Acham que porque o Maicon foi o capitão, que manda contratar. Só opinamos se as pessoas perguntarem. E queremos sempre os melhores jogadores com a gente – completou.

O tricolor segue no mercado em busca de um lateral-direito, já que por enquanto possui apenas Victor Ferraz disponível no elenco. As tratativas com Edilson, entretanto, dependem de um acordo entre o atleta e a diretoria cruzeirense.

Confira também: