Notícias

Grêmio treina pela manhã e Lucas Silva veste a camisa 16 na apresentação oficial

Após o reapresentação do elenco na última quinta-feira, o time do Grêmio voltou a campo na manhã deste sábado, para mais uma série de atividades no Centro de Treinamento Presidente Luiz Carvalho.

Assim como nos primeiros dois dias, os jogadores foram encaminhados para avaliações médicas. De acordo com o site oficial do clube, os atletas se dirigiram ao Hospital Moinhos de Vento para uma bateria de exames laboratoriais. Após o fim da bateria de testes, eles foram liberados para atividades dentro do campo.

A segunda parte do treino consistiu em atividades alternadas de corridas. Tratando-se da primeira semana de Pré-Temporada, é comum que os jogadores não tenham muito contato com a bola. David Braz, Geromel, Kannemann, Everton, Luciano, Diego Tardelli e Lucas Silva estiveram presentes no primeiro grupo da atividade. Depois, os jogadores se dirigiram para um hotel próximo ao CT, onde estarão concentrados a partir de hoje.

A grande ausência nas atividades foi do comandante da equipe, Renato Portaluppi. O treinador, que está no Rio de Janeiro, fez sua cirugia de ablação na manhã deste sábado. O procedimento, que o mesmo havia feito no início do ano passado, foi realizado com sucesso pela equipe do Hospital Copa Star, comandado pela equipe do Dr. Eduardo Saad.

Segundo a assessoria de imprensa do Grêmio, Renato ficará em observação até a manhã de domingo e, caso não haja nenhuma alteração, receberá alta amanhã mesmo. Membros do Departamento Médico do tricolor estão no local para acompanhar a situação do eterno camisa 7 gremista.

Lucas Silva é apresentado e vestirá a camisa 16 no Grêmio

lucas-silva-é-apresentado-no-grêmio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após o fim da atividade no campo, Lucas Silva foi para a sala de imprensa, onde teve sua apresentação oficial, junto ao diretor executivo do clube, Klauss Câmara. O jogador estava acompanhado de sua família e demonstrou empolgação ao vestir a camisa do Imortal. Perguntado na entrevista coletiva sobre por quê havia escolhido o Grêmio, o meio-campo de 26 anos afirmou que o clube tinha os elementos necessários para o seu recomeço no futebol, além da oportunidade de uma conquista que falta em sua prateleira.

Na minha vida, tudo aconteceu muito rápido. Com 20 anos ganhei meu primeiro Brasileiro, bi da Copa do Brasil. Falta uma Libertadores. Agora aqui no Grêmio, obcecado pela Libertadores, quero colocar ela no meu currículo também – declarou Lucas Silva.

Meio-campista formado na base do Cruzeiro, o jogador se destacou durante as temporadas de 2013 e 2014, quando a equipe mineira conquistou dois títulos nacionais consecutivos. As boas atuações como segundo homem do meio-campo celeste despertaram os olhares de clubes da Europa, e Lucas Silva se transferiu para o Real Madrid em 2015.

Lá, não teve as mesmas oportunidades que no Brasil, e foi emprestado para o Olympique de Marseille, da França. Também não atuou da forma como esperava, e foi re-emprestado para o Cruzeiro. Em Belo Horizonte, foi bicampeão da Copa do Brasil em 2017 e 2018. Na temporada de 2019, no entanto, não conseguiu ter uma boa sequência e, com o time em crise, teve seu empréstimo encerrado. O Real, que também não tinha mais interesse no atleta, rescindiu de forma amigável o contrato com o meio-campo.

– Não só no futebol, como em várias outras profissões, se vive altos e baixos. Aí de fato quando se tem uma queda ou um rendimento não esperado que a gente se prova competente. O momento na Europa talvez não foi o que eu esperava, mas meu retorno ao Cruzeiro demonstrou meu mais alto nível, conquistando duas Copas do Brasil – declarou Klauss Câmara, lembrando o currículo vencedor do atleta.

Durante seu período sabático do futebol, Lucas Silva ficou aprimorando sua condição física na sua terra natal, em Goiás, com o apoio de um profissional de educação física. Sondado por outros clubes do Brasil, o jogador decidiu escolher o Grêmio devido a sua estabilidade no estilo de jogo, além do desejo de trabalhar com o treinador Renato Portaluppi.

– Confesso que tive duas ligações que chamaram atenção: o Alisson, que atuei no Cruzeiro, e o Klauss, que trabalhei no Cruzeiro. Me disseram como era o clube, organizado, estruturado, e isso chama atenção de grandes jogadores que sempre querem atuar em clubes assim. E na parte técnica pelo Renato ser um grande treinador e já querer trabalhar com ele há tempo. E pelo futebol que vem mostrando nos últimos anos, um time técnico e que se encaixa no meu perfil – completou o meio-campista durante a coletiva.

Amanhã, o elenco gremista retornará às atividades no CT Luiz Carvalho, para uma novo período de treinamentos na academia e no campo. Os treinamentos com bola devem ser iniciados a partir da próxima semana. Primeiramente, a equipe aprimorará a parte física. O primeiro compromisso oficial do clube será a final da Recopa Gaúcha, no próximo dia 19, mas apenas os jogadores do time de aspirantes estarão em campo.

Confira também:

Fechar