Campeonato Gaúcho

Renato e jogadores celebram poder de reação da equipe, mas apontam erros a serem corrigidos

O Grêmio chegou a segunda vitória no Campeonato Gaúcho após vencer o São José, na noite de ontem, na Arena. Renato Portaluppi e seus comandados não tiveram uma noite tão calma, pois os três pontos só chegaram nos últimos minutos da etapa complementar, com um gol salvador de Everton.

O time, inclusive, foi para o intervalo sob vaias dos mais de 10 mil presentes no estádio. O resultado, no entanto, foi celebrado por jogadores e pelo treinador. Em entrevista após a partida, ele foi perguntado sobre as impressões do time no jogo, além do que foi necessário para conseguir a virada diante do Zeca. Renato afirmou que a atitude foi fundamental para a vitória, reiterando que é comum que o começo de temporada ser complicado.

— Atitude. Foi o que cobrei deles no intervalo. Até os primeiros 30 minutos criamos, mas depois a equipe caiu. O São José cresceu e fez o gol. Cobrei deles no intervalo a atitude e voltaram no segundo tempo com isso. Atitude sempre tem que ter no futebol. Mas o mais importante é que fizemos os três pontos. Início de temporada é assim – afirmou o treinador.

O time titular ainda não está completo. Caio Henrique, Geromel, Matheus Henrique e Thiago Neves devem compor os onze que entrarão em campo com maior frequência na temporada. Isso, aliado à falta de ritmo e a proposta de jogo dos rivais no campeonato estadual faz com que os confrontos se tornem mais difíceis. O treinador completou, dizendo que o trabalho será melhor quando o time estiver completo, podendo mesclar jovens jogadores com os medalhões.

— Nosso maior problema, não vamos tirar os méritos do Caxias e do São José, é que o Grêmio precisa toda hora estar construindo. É muito mais fácil destruir. O que vai facilitar meu trabalho é quando tiver todos à nossa disposição. Mesclando os experientes e os garotos, vamos estar muito fortes – completou.

Jogadores corroboram visão de Renato, mas afirmam que erros devem ser corrigidos

jogadores-corroboram-visão-de-renato
RS – FUTEBOL/CAMPEONATO GAUCHO 2020 /GREMIO X SAO JOSE – ESPORTES – Lance da partida entre Gremio e Sao Jose disputada na noite desta quinta-feira, na Arena do Gremio, em partida valida pela Campeonato Gaucho 2020. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Ao final da partida contra o São José, os jogadores também concederam entrevista. À beira do campo, Everton foi abordado pela equipe do SporTV para comentar sobre o jogo. O atacante foi o nome do confronto, marcando os dois gols que garantiram o resultado. Cebolinha afirmou que a equipe mostrou poder de reação, e era necessário se expor para tentar a virada. No entanto, não se pode deixar que os adversários tenham oportunidades como as do primeiro tempo.

– Pelo placar adverso, a gente precisava se expor um pouco mais e arriscar. Combinamos no vestiário que qualquer chance de chutar, tinha que finalizar, porque tinha que levar perigo ao adversário. Fomos felizes na pressão que a gente colocou e conseguimos esses dois gols. Para começo de ano, mostramos o poder de reação, mas não podemos dar esse mole que demos no primeiro tempo – afirmou.

Quem também foi parado pela equipe de reportagem foi o atacante Alisson, que completou 100 partidas pela equipe gremista. O jogador também elogiou a atuação da equipe na segunda etapa, mas ressaltou que o primeiro tempo foi abaixo do esperado. Na segunda etapa, a equipe entrou mais “ligada”.

– Tem que dar parabéns ao grupo, voltamos mais ligados (no segundo tempo), criamos muito. Novamente ficou batendo na trave. Temos que evitar jogos assim, sair atrás dentro de casa. Quando tiver oportunidade, é matar – declarou.

Mesmo com o sofrimento para vencer, a equipe chegou bastante ao ataque, parando muitas vezes na trave da meta do São José. Com a vitória, o tricolor chega aos seis pontos em três partidas, alcançando a segunda colocação no Grupo B do Campeonato Gaúcho. Na próxima segunda-feira, Renato e seus comandados enfrentam o Esportivo, pela penúltima rodada do primeiro turno da competição.

Confira também:

Fechar