Seleção Brasileira

Pepê se torna artilheiro do Pré-Olímpico e Brasil se classifica com 100% de arpoveitamento

O Brasil venceu a quarta partida seguida no torneio Pré-Olímpico, na Colômbia. Contra a Seleção Paraguaia, os comandados de André Jardine contaram com grande atuação de Pepê para vencer a partida. Agora, o guri gremista é o novo artilheiro da competição, com três gols.

A seleção entrou em campo com apenas Matheus Henrique de titular. Com isso, ele e Pepê representaram o tricolor com a seleção canarinho. Depois, Caio Henrique também entrou. O Paraguai até saiu na frente com Roberto Fernandez, de cabeça. No segundo tempo, Jardine colocou três titulares no jogo e a virada chegou. Paulinho empatou após passe de Bruno Guimarães, e Pepê completou a virada após jogada com Igor Gomes.

Agora, o Brasil disputará o Quadrangular Final do torneio, e os adversários serão os mais tradicionais do continente: Argentina, Colômbia e Uruguai. Os dois melhores times desta fase se classificarão para as Olimpíadas de Tóquio, em agosto desse ano. André Jardine comentou sobre os adversários da próxima fase.

– O quadrangular será muito equilibrado, com equipes com características diferentes. A Colômbia com uma transição forte, atacantes rápidos, uma defesa imponente. A Argentina com o sistema defensivo mais sólido da competição, não à toa tem a melhor defesa. Uruguai é uma equipe de muita tradição, que com certeza crescerá no quadrangular. Nossa equipe está se encontrando com um jogo de ataque muito claro e crescendo defensivamente, se ajustando. Acredito em jogos equilibrados, parelhos, sempre decididos nos detalhes – afirmou.

Artilheiro do Pré-Olímpico, Pepê é prestigiado no Grêmio

pepê-é-prestigiado-no-grêmio
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Pepê é uma das grandes promessas da base gremista. O jogador ganhou maior número de minutos em 2019, e irá ser mais utilizado em 2020. Jogando na mesma posição que Everton, o atacante pode ser uma opção para a ausência de Cebolinha, mas a comissão técnica do clube já trabalha na possibilidade de utilizar os dois ao mesmo tempo. Contra o São José, Renato colocou Cebolinha pelo meio, o que facilitaria a entrada de Pepê na equipe titular. O treinador comentou sobre isso na coletiva após a vitória diante do Zeca.

— Pepê é um grande jogador. Está muito bem, representando o Grêmio na seleção sub-23. Mas são jogadores que dificilmente são marcados. São muito importantes no nosso esquema. Pode, sim (jogar os dois juntos). Por que não? O importante é que eles me deem essa dor de cabeça – destacou.

Everton também comentou sobre a possibilidade, afirmando que tem a capacidade de atuar na parte central do ataque, formando assim uma formação mais rápida para o time.

— Professor sempre fala para a gente que tem que estar bem ambientado em qualquer posição. Tenho a característica de ser versátil e posso atuar por dentro e pelos lados do campo. Já joguei mesmo na base e no Fortaleza também — afirmou Cebolinha.

Pepê, por enquanto, é o artilheiro do Pré-Olímpico. Com três gols, o jogador ainda possui mais destaque por ser reserva. Mas, devido a boa campanha do Brasil no torneio, é possível que só vejamos ele e Everton ao mesmo tempo em campo na estreia da Copa Libertadores, contra o América de Cali, fora de casa, em março.

Confira também:

Fechar