Mercado

Romildo Bolzan considera saída de Everton “questão de tempo”

Mandatário comemora permanência do jogador, mas sabe que saída é inevitável

Após a partida contra o Esportivo, na noite de ontem, o presidente Romildo Bolzan Junior foi um dos que concederam entrevista coletiva. O principal assunto abordado pelos repórteres foi a permanência de Everton, que teve propostas da Europa mas acabou continuando em Porto Alegre.

O mandatário gremista tem noção de que a sua permanência é uma vitória da diretoria tricolor, mas que sua saída, em breve, se tornará inevitável. No início de 2020, o jogador teve sondagens do Everton, da Inglaterra, conversando inclusive com Carlo Ancelotti, treinador da equipe. As negociações, no entanto, travaram no fair play financeiro.

Romildo Bolzan confirmou a proposta do clube inglês, além de deixar em aberto as negociações com outros times. Na coletiva, o mandatário afirmou que a saída de Cebolinha é uma “questão de tempo”, mas celebrou o “fico” do jogador no primeiro semestre.

– Isso aconteceu, mas no momento que ele revelou, é possível dizer que estávamos na expectativa se acontecesse alguma coisa ou não. Vamos combinar? Graças a Deus não. Mas a gente sabe que isso é uma fatalidade, questão de tempo, porque jogando essa bola que ele joga, a qualidade que ele tem, vai ser impossível que ele permaneça conosco para o resto da carreira. Um dia vai chegar a vez dele. Graças a Deus que até o presente momento ele segue conosco e tomara que ele continue nesse primeiro semestre fazendo exatamente o que ele fez hoje (ontem) aí. Jogando uma bola que enche os olhos – afirmou Romildo aos repórteres.

Com a iminente saída de Everton, Grêmio já pensa em alternativas para substituí-lo

comissão-técnica-do-grêmio-já-busca-substituto-de-everton
Quando voltar do Pré-Olímpico, na Colômbia, Pepê pode se tornar substituto de Everton – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A possibilidade de Everton se transferir para um clube europeu no segundo semestre são grandes. O jogador vem de uma ótima temporada em 2019, sendo inclusive titular da Seleção Brasileira na conquista da Copa América, em julho do ano passado.

Esse ano, o atacante já é o principal jogador da equipe. Com quatro gols em quatro partidas, Cebolinha tem sido fundamental para a campanha do Grêmio no Campeonato Gaúcho. Em 2019, ele foi o artilheiro do tricolor na temporada com 20 gols, batendo seu recorde pessoal, de 2018.

Dessa forma, a comissão técnica do tricolor já começa a pensar na possibilidade de um substituto. Por enquanto, Pepê surge como a opção mais provável para assumir a posição deixada por Everton. No entanto, o tricolor pode ir ao mercado, em busca de um nome mais experiente para a posição.

Cebolinha, inclusive, já tem atuado mais centralizado em 2020. Com o vácuo deixado pela saída de Luan e a lesão de Jean Pyerre, o jogador abriu um espaço no lado esquerdo que pode ser preenchido pelo guri gremista, assim que ele retornar da disputa do Pré-Olímpico, na Colômbia.

Tudo isso, porém, ainda não passa de especulação. Cebolinha também teve sondagens no segundo semestre de 2019, sendo especulado em grandes clubes europeus, mas permaneceu em Porto Alegre. Quem sabe, o nosso craque poderá vestir a camisa tricolor até o fim de 2020. O que nos resta é esperar.

Confira também:

Fechar