Grêmio volta aos trabalhos visando confronto contra Aimoré

Diego Souza e Kannemann foram desfalques na atividade

Na manhã de ontem, 5, o grupo de jogadores do Grêmio se reapresentou para mais uma sessão de treinos. Na quarta, os reservas haviam disputado um jogo-treino contra o Cruzeiro-RS, vencendo o amistoso por 4 a 0.

A atividade desta quarta-feira foi aberta à imprensa. O que se pode ver foi um trabalho físico, comandado pelo preparador Marcio Meira e, logo depois, atividades focadas em finalizações. Na última parte, Renato dividiu o elenco em equipes, focando na ação ofensiva em campo reduzido.

Diego Souza foi a baixa do treino de ontem. O jogador viajou até Recife para resolver problemas particulares. Kannemann, ainda com dores no pé esquerdo, também não participou da atividade. Já Jean Pyerre, ainda se recuperando de lesão, deu voltas em torno do gramado do CT Presidente Luiz Carvalho.

Sem jogar, André aguarda propostas para sair do Grêmio

andré-aguarda-propostas-para-sair-do-grêmio
RS – FUTEBOL/TREINO GREMIO – ESPORTES – Jogadores do Gremio realizam treino durante a tarde desta terca-feira, na preparação para o Campeonato Gaucho 2020. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

17 de novembro de 2019. Esse foi o último dia que o atacante André entrou em campo com a camisa do Grêmio. Na ocasião, o jogador saiu do banco durante a derrota para o Flamengo, dentro de casa. Os torcedores gremistas criticaram o jogador do início ao fim da sua atuação, vaiando, inclusive, a decisão do treinador de colocá-lo em campo.

Desde então, a rotina do atacante no clube é de treinos. O jogador segue integrado ao elenco e, diariamente, se desloca para o CT Presidente Luiz Carvalho para participar das atividades. Na última quarta-feira, durante o jogo-treino contra o Cruzeiro, André foi autor de um dos gols da vitória por 4 a 0.

Isso, no entanto, ainda não é suficiente para diretoria e comissão técnica. Desde o fim da temporada, o jogador vem sendo especulado em negociações com diversos clubes, e esteve perto de se transferir para o Coritiba, em troca da renovação de Kazu, lateral-esquerdo da base do Coxa. As tratativas, no entanto, não avançaram.

Outros clubes também tentaram iniciar conversas, como o Botafogo, mas ainda estão em estágio inicial. De acordo com o globoesporte.com, o jogador poderia ter saído de Porto Alegre em 2019, quando o Changchun Yatai, da China, mas o tricolor não aceitou os valores. O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, sabe que o agente de André tem trabalhado para envolvê-lo em uma negociação, mas que nada ainda foi trazido à diretoria.

— Sei que o representante (do André) trabalha muitos assuntos em alguns clubes. Mas para nós não chegou nada — afirmou o mandatário durante a semana.

Renato Portaluppi foi um dos maiores defensores do atacante. Ele quem pediu sua contratação e o manteve no time titular, mesmo com críticas dos torcedores. Na reapresentação para a temporada, porém, ele admitiu que o jogador poderia procurar um novo clube para “mudar de ares”.

– Fui até criticado, merecidamente, por ter insistido com o André. Fiz de tudo para recuperar o futebol dele, mas não adianta dar soco em ponta de faca. Acho que vai entender. Muitas vezes é melhor trocar de ares – declarou o treinador.

Os números do atacante no tricolor não são os melhores. Nas 74 partidas disputadas com a camisa do Grêmio, André marcou apenas 11 gols, gerando uma média de 0,14 gols por partida, muito aquém do que um jogador para a posição poderia – e deveria – proporcionar. Dessa forma, diretoria e comissão técnica têm convicção de que o destino do campeão da Libertadores em 2011 não será a permanência em Porto Alegre.

Junto com André, o elenco tricolor continua treinando no CT Presidente Luiz Carvalho. No domingo, às 16h, a equipe enfrenta o Aimoré, no Estádio Cristo Rei, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. O confronto pode valer a liderança do Grupo B, caso o Caxias, atual líder da chave, tropece.

Confira também: