Grêmio bate Veranópolis em jogo-treino por 1 a 0

Luciano marcou o gol da vitória na atividade

O elenco do Grêmio voltou ao gramado do Centro de Treinamento Presidente Luiz Carvalho, na tarde desta terça-feira. Os jogadores continuam a preparação para o confronto diante do Caxias, válido pela decisão do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

O plantel foi dividido em dois. Os titulares, que atuaram no Gre-Nal 423, vencido pelo tricolor com gol de Diego Souza, nos acréscimos, treinou no segundo campo do CT, enquanto os reservas participaram de um jogo-treino contra a equipe do Veranópolis, que disputa a divisão de acesso do estadual.

A partida foi vencida pelo tricolor, com um gol de pênalti de Luciano. De acordo com o site oficial do clube, a equipe foi a campo com: Paulo Victor; Orejuela, Ruan, Rodrigues e Caio Henrique; Thaciano, Darlan, Ferreira, Thiago Neves e Pepê; Luciano. O intuito da atividade é dar maior condicionamento para os reservas e novos contratados do clube.

Thiago Neves não participou de toda atividade, pois sentiu a coxa durante a partida. Enquanto isso, a atividade dos titulares teve a ausência de Matheus Henrique, que ficou na academia. Já Geromel, retornando de lesão, treinou normalmente. Jean Pyerre, outro que está saindo do Departamento Médico, fez trabalhos específicos com bola. Os demais jogadores não tiveram problemas.

Maicon fala sobre competição no meio-campo do Grêmio

maicon-fala-sobre-competição-no-meio-do-grêmio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após o treinamento no campo 2 do CT Luiz Carvalho, Maicon foi escolhido para conceder entrevista coletiva. O jogador, que vem sendo o capitão do Grêmio durante a ausência de Geromel, falou sobre diversos assuntos relacionados ao clube e ao próprio jogador, inclusive sobre a sua escolha de não passar por um procedimento cirúrgico no início de 2020.

Conforme informamos no nosso site, o volante perderia o início da temporada para fazer uma cirurgia no joelho direito, devido a dores na região que o fez perder diversas partidas na temporada. Maicon, no entanto, se recuperou e decidiu não passar pela operação. Durante a entrevista, ele desmentiu os boatos de que não teria feito devido a concorrência no meio-campo gremista.

— Falaram que não fiz cirurgia porque veio o Lucas Silva. Quando tive medo de alguém? Quero mais que venha jogador bom, quero os melhores. Tem 70 jogos no ano, no mínimo tu joga 40. O presidente pode contratar quem for para minha posição, me faz crescer. Quando chega um jogador, é ótimo. Pior é quando não tem ninguém. Se machuca, põe quem? Quero mais que venha – afirmou.

Em 2020, o jogador já fez seis partidas, sendo substituído em apenas uma. Na maioria das partidas, o volante Lucas Silva foi seu companheiro de meio-campo. Com o retorno de Matheus Henrique, é possível que haja um rodízio entre os três, tranquilizando a comissão técnica caso seja necessário o procedimento em Maicon, que afirmou que espera não precisar, além de revelar como está sendo o processo de tratamento.

— O planejamento (da lesão) é o que venho fazendo agora, fortalecimento, vou na academia antes do treino. É o que me dá suporte. Todos jogos agora não tive problema nenhum com o joelho. Sinal que o trabalho dá resultado. Torço para que não precisa fazer (cirurgia). Se perder um ou dois meses, perco muito tempo. Talvez não atingi meu melhor nível para que possa colaborar. Mas dá uma condição de que vou seguir o ano inteiro – declarou o volante.

Para a final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, Maicon está confirmado como titular. Se vencer a competição, é possível que a equipe titular seja poupada, devido a maratona de jogos que o Grêmio terá no mês de março, incluindo o começo da disputa da Libertadores. O jogador é um dos homens de confiança do treinador Renato Portaluppi, estando presente desde a sua chegada ao comando da equipe, em 2016.

Confira também: