Campeonato GaúchoNotícias

Site compara gol de Diego Souza com de CR7

Atacante do tricolor chegou aos 2,36 metros em gol contra o Inter

Diego Souza está em lua de mel com a torcida gremista. Com três gols em três partidas, o jogador espantou as desconfianças dos torcedores sobre sua contratação, e é o jogador mais importante do tricolor no início da temporada.

O sucesso do centroavante gera, obviamente, todo o tipo de comparação. Dois dos três gols do artilheiro da equipe na temporada – empatado com Everton – foram de cabeça, e ambos com uma certa dificuldade imposta pelos zagueiros ou pela altura.

Contra o Esportivo, Diego Souza marcou seu primeiro gol com a camisa gremista. Para fazer o cabeceio e colocá-lo no fundo das redes, o atacante precisou subir impressionantes 2,50m, saltando mais de 60cm do chão, já que o jogador tem 1,86m de altura.

Diante do Internacional, pela semifinal do primeiro turno do Gauchão, o jogador foi novamente decisivo, mas teve um salto menor dessa vez. Diego alcançou os 2,36m para, livre de marcação, marcar o gol da vitória tricolor.

A impulsão do “tanque” gerou comparações. O Globo Esporte RS elaborou uma reportagem onde compara as impulsões do atacante gremista e de Cristiano Ronaldo, que no fim de 2019 fez um gol após saltar 2,70m. Em entrevista à RBS TV, Diego Souza falou sobre as comparações.

– Muito satisfeito de fazer meus gols. Claro que é muito difícil, vou tentar fazer gol todo jogo. Mas ser comparado ao mito máximo que é o Cristiano Ronaldo… Pô, o cara é uma máquina – disse o atacante.

Sua impulsão impressionou especialistas e torcedores. O jogador declarou que isso é fruto de um hobbie que ele costuma praticar sempre que está de férias: o futevôlei, esporte jogado nas praias, que mistura o futebol de areia com vôlei.

– Todo mundo tem características. Sempre fui um cara que saltei bastante. Nas minhas férias sempre jogo futevôlei. É um hobbie que eu tenho. Durante o ano a gente não consegue muito, porque as competições são uma em cima da outra. A gente não pode ter o luxo de se desgastar em um momento tão raro no futebol, o momento de descanso. Nas minhas férias eu sempre jogo, quase todo dia – explicou.

Diego Souza fala sobre críticas e a importância do bom início em 2020

diego-souza-fala-sobre-boa-fase
Diego Souza tem 3 gols em 3 partidas na temporada – Foto: Lucas Bubols/globoesporte.com

Na entrevista para a RBS TV e ao globoesporte.com, o jogador também falou sobre outros pontos importantes da sua retomada. Aos 35 anos, Diego Souza vem superando críticas sobre sua capacidade de atuar em um time de ponta, sua forma física e poder ofensivo. Apenas ele, Cristiano Ronaldo e Gabigol fizeram gols em todos os jogos em 2020. E o atacante falou sobre essas comparações.

– Muito satisfeito de fazer meus gols. O mais importante: ajudando o Grêmio a sair vitorioso. Quero prolongar o quanto der. Claro que é muito difícil. Os adversários estão cada vez mais fortes, sabendo das nossas características. Mas a minha função é isso, vou tentar fazer gol todo jogo. Mas ser comparado ao mito máximo que é o Cristiano Ronaldo? Pô, o cara é uma máquina! Fico feliz de começar bem a temporada. Tenho certeza que vou trabalhar muito para terminar bem. O importante é como termina. – afirmou.

No próximo sábado, o Grêmio terá pela frente o Caxias, pela decisão do primeiro turno do Gauchão. Em 2007, o tricolor enfrentou a equipe nas semifinais do campeonato, e após perder por 3 a 0 na primeira partida, goleou por 4 a 0 na volta e chegou à final da competição. Diego Souza comentou sobre o episódio, já que foi um dos protagonistas daquela virada histórica, marcando um dos gols do jogo.

– São superações assim que marcam essa camisa. Aquele ano a gente tinha voltado da Colômbia, com um jogo difícil lá, viagem complicada. Jogamos contra o Caxias, não foi da maneira que a gente esperava. Perdemos de 3 a 0 e teve muitas provocações. Quando chegamos aqui, nos recuperamos, colocamos a cabeça no lugar e fomos para um jogo e demos o que tinha que dar. Conseguimos reverter esse jogo. O time do Caxias era um time muito bom. Fizemos 4 a 0, passamos para final e fomos campeões – declarou o atacante.

O jogador ainda falou sobre a desconfiança dos torcedores acerca do seu futebol. A temporada abaixo do esperado no Botafogo fez com que a maioria dos gremistas reprovassem sua contratação em um primeiro momento. O jogador afirmou que a resposta deve ser dada dentro do campo, com o trabalho nas quatro linhas. E a sua rápida ascensão é está sendo importante para isso.

– Não tem que dar resposta para ninguém. Tenho que fazer bem meu trabalho. Quando disse na coletiva sobre a desconfiança que tinha, eu disse que estava ansioso para estar em campo. Porque a gente só consegue mostrar nosso valor dentro das quatro linhas. Então, era isso que eu queria, o mais rápido possível estar dentro das quatro linhas, realmente mostrar meu valor. Isso é o mais importante para mim – completou.

Diego Souza será titular na decisão no próximo sábado. O jogador é um dos homens de confiança de Renato Portaluppi, que gosta de trabalhar com referências no ataque. O que resta saber é se essa boa fase ainda terá um longo caminho, ou já chegou ao seu limite.

Confira também:

Botão Voltar ao topo