Libertadores

Diretoria acreditava em título do Grêmio, mas vira a chave e monta logística para a Libertadores

Em março o Imortal enfrentará o America de Cali, na estreia da Taça Libertadores da America. Desde o dia 9 de janeiro, quando a equipe se reapresentou, foram nove partidas disputadas pela equipe gremista. Os titulares estiveram presentes em oito delas. A maratona de jogos nesses 46 dias serviu para dar condições aos atletas da equipe, mas Pedro Luz ressaltou os cuidados que devem se ter nesse período.

— Estamos com menos de 40 dias. A pré-temporada precisa ter muitos cuidados. Se há algo que a vida ensina é que você aprende mais nas derrotas do que nas vitórias. Os insucessos nos respaldarão para realinhar o que precisamos qualificar com muita consciência e responsabilidade — enfatizou.

Mas, a boa campanha gremista e a vitória no Gre-Nal deram esperanças de que o Grêmio chegasse rapidamente a um título na temporada. Para o dirigente, o sentimento é de frustração da diretoria e comissão técnica, que terá de se replanejar.

— Sentimento de frustração. Compreendo o sentimento de indignação que carrega nosso torcedor. Tinha expectativa da instituição. Os cuidados foram trabalhados. Respeitamos o Caxias. Só levaram dois gols – declarou.

A derrota para o Caxias gerou descontentamento dos torcedores. Nas redes sociais, os gremistas protestaram contra a atuação do tricolor, que perdeu pela a segunda vez para o falcão grená na temporada. As escolhas do treinador Renato Portaluppi também geraram críticas. Pedro Luz declarou, no entanto, que a história do técnico é grande no clube, e garantiu sua permanência.

— Renato tem história. É um treinador vitorioso, que mudou o patamar do Grêmio. Conversamos todos os dias. Ele é o mais sentido dos que estão no vestiário, tem plena ciência do que era para nós. Precisamos tirar ensinamentos — completou.

Com isso, a equipe terá de virar a chave nos próximos dias. O segundo turno do Campeonato Gaúcho está para começar. No próximo dia 29, o Grêmio enfrentará o Juventude, na Arena, pela primeira rodada da competição. Logo depois, o Imortal enfrentará o America de Cali, na estreia da Taça Libertadores da America.

A diretoria gremista já definiu a programação para as partidas visando a Libertadores. No domingo, dia 1º de março, a equipe embarcará para a Colômbia às 11 da manhã. De acordo com o globoesporte.com, haverá uma escala em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, para reabastecimento.

Na terça-feira, o Grêmio enfrentará o time colombiano às 19h30, no Estádio Pascuael Guerrero, em Cali. Dessa forma, o tricolor deve ir com um time alternativo contra o Juventude. Assim como no começo da temporada, a comissão técnica deve utilizar a equipe de aspirantes para a disputa do torneio.

Confira também:

Fechar