Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio tem qualidade e quantidade para brigar pela Libertadores

Além dos três pontos tão necessário para quem ambiciona disputar o título do Gauchão contra o carrasco tricolor, a vitória por 3 a 0 sobre o Juventude serviu para mostrar que o técnico Renato tem agora um grupo numeroso e de qualidade suficiente para fazer o torcedor gremista sonhar com mais um título da Libertadores.

É provável que haverá algumas alterações na fotografia no decorrer da competição, talvez já nesses jogos iniciais, como o desta terça, em Cali, contra o America.

O jogo contra o Juventude serviu de laboratório para Renato avaliar melhor alguns contratados. Pelo que se viu na Arena, Orejuela tem todas as condições de assumir a titularidade no lugar de Victor Ferraz, que até agora não me entusiasmou. Não acredito, contudo, que o colombiano assuma já a posição.

O mesmo vale para a lateral-esquerda. Caio Henrique foi muito bem contra o time caxiense jogando desde o início na posição, que ora pertence a Bruno Cortez. Dentro da ideia de preservar ao máximo a estrutura e os jogadores que atuam há mais tempo, Renato vai manter os laterais atuais ao menos na estreia. Depois, a tendência é de que Orejuela e, principalmente, Caio, sejam titulares.

No meio de campo, gostei do Lucas Silva contra o Ju. Está chegando mais ao ataque, chuta forte de longe, e se movimenta com inteligência. Contra o America ele deve começar ao lado de Matheus Henrique, com Maicon mais adiantado para receber a bola e acionar os atacantes Alisson, Éverton e Diego Souza.

Na frente, acho que Renato não tira Alisson. Pepê está pedindo passagem, mas Renato confia em Alisson, jogador que trabalha a bola, mas não tem a capacidade de abrir espaço e concluir como Pepê. Diferentes de muitos, ainda vejo Alisson como jogador taticamente muito útil.

Contra o Ju ele foi mal, especialmente no acabamento das jogadas. Ao mesmo tempo, Pepê estraçalhou pela esquerda. Problema, bom, para Renato resolver.

PENALTI

Coincidência ou não, no dia seguinte à nota do Grêmio enviada à Federação protestando contra o pênalti cristalino não marcado sobre Éverton – o que poderia mudar a história do jogo contra o Caxias -, um juiz do quadro da entidade marcou três a favor do Grêmio.

Todos existiram, mas não sei se o primeiro seria marcado sem esse protesto formal do clube. Um comentarista de arbitragem disse que não houve infração na jogada.

O Grêmio quer, também, o áudio do pessoal do VAR para esse lance do jogo contra o Caxias, que, acabou conquistando o título do turno.

FERREIRA

Circula nas redes uma cópia do que seria a proposta do Grêmio para renovar com Ferreira, o Ferreirinha. Se o Grêmio realmente oferece 25 mil mensais ao jogador, um dos mais promissores já surgidos, não dá para criticar a negativa do procurador do atleta.

Acho que um mês do salário do André, por exemplo, paga um ano ou até mais do que o oferecido para Ferreira.

André não vai render nada para o clube, enquanto Ferreira é um cheque em branco.

Tem algo errado nessa história.