Campeonato GaúchoNotícias

Jean Pyerre comemora retorno aos gramados após cinco meses

O meia entrou na vitória do Grêmio diante do Pelotas

Após cinco meses de recuperação e dúvidas sobre a sua real situação clínica, o meio-campo Jean Pyerre voltou aos gramados. O jogador entrou na segunda etapa da partida contra o Pelotas, disputada no último domingo (8), onde o tricolor saiu vencedor com um gol de Pepê, logo no início da partida.

O retorno do meia de 21 anos fo celebrado pelo jogador e comissão técnica. Todo o cuidado foi tomado para que a volta fosse feita no momento certo, onde o jogador teria as condições necessárias para atuar e não retornar ao Departamento Médico. Dessa forma, Renato Portaluppi ganha mais uma opção para o setor de criação, que tinha em Thiago Neves o único nome disponível.

Após o fim da partida, Jean Pyerre foi abordado pelos repórteres que estavam à beira do gramado. Todos queriam saber como o atleta estava se sentindo após atuar pela primeira vez desde outubro de 2019. O jogador declarou estar feliz em retornar a uma partida, e aproveitou para desabafar sobre os últimos meses em que estava contundido.

– Tive que ouvir muitas coisas, inverdades. Respeito. Matei tudo sozinho, junto com quem estava comigo. Foram poucas pessoas. Feliz de voltar aos gramados, pela vitória, jogando bem. Vou ganhando ritmo de jogo. Espero que esse meu jogo possa ser meu início em 2020 e não pare mais esse ano – declarou Jean Pyerre.

O jogador ainda não possui o mesmo ritmo dos companheiros de equipe, mas já se disponibilizou para atuar na próxima partida do Grêmio, contra o rival Inter, na quinta-feira, pela segunda rodada da Libertadores. Jean afirmou que quer jogar, podendo estar em campo o tempo que Renato achar preciso.

– Nós jogadores queremos sempre jogar. Se o professor precisar, vou estar disponível. Seja o tempo inteiro, 30 minutos ou cinco minutos. Estar longe dos gramados, viver o dia a dia, essa atmosfera de jogar, isso que mais me chateou. O pessoal indo para a concentração. Foi a minha primeira lesão. Mas graças a Deus eu venci – completou o meia.

Renato celebra retorno de Jean Pyerre e analisa condição física do jogador

renato-celebra-retorno-de-jean-pyerre
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Assim que a bola parou de rolar no Estádio Boca do Lobo, o treinador Renato Portaluppi foi até a área externa do campo para conceder entrevista coletiva. Além de analisar a vitória, outro assunto colocado foi o retorno de Jean Pyerre aos gramados. O treinador celebrou a volta do atleta, que estava há cinco meses parado.

– O mais importante é que ele está de volta. Sou chatos às vezes, ele (Jean) fica brabo com algumas cobranças. Cobro de todo mundo. Quero ele de volta 100% para nos ajudar. Preciso de todo mundo. Quando cobro do jogador na frente do grupo ou individualmente, o jogador fica brabo, mas é para o bem dele. Fico feliz que está de volta – declarou Renato.

Jean Pyerre era peça fundamental do treinador durante todo 2019, sendo titular da equipe em momentos decisivos. Nas semifinais da Copa do Brasil, o jogador foi responsável por um dos gols da vitória no primeiro jogo, mas a lesão o afastou dos gramados e, com isso, não pode ter a oportunidade de disputar a segunda partida.

Renato foi perguntado por quê optou por Thiago Neves ao invés de Jean Pyerre. O treinador afirmou que o meia ainda está longe do físico ideal, mas que só irá readquirir ritmo estando em campo. Isso, porém, será feito aos poucos, assim como na sua reestreia, onde ele atuou por apenas 30 minutos.

– Ele (Jean) só vai readquirir (ritmo) jogando. Por isso não comecei, cinco meses parado, o campo não estava muito bom, calor forte, tudo isso. Estou soltando aos poucos, mesma forma com o Thiago. Resposta quem dá são os jogadores. Mas infelizmente o Thiago se encontra longe da forma física e técnica. Mesma coisa do Jean. Precisamos de todos inteiros – completou.

A semana será agitada para Renato. Na próxima quinta-feira, o Grêmio disputa a segunda rodada da Libertadores, enfrentando o Internacional. Se vencer, a equipe abre três pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, já que apenas o Inter possui essa pontuação até aqui.

Confira também:

Fechar