NotíciasLibertadores

Comentaristas criticam confusão no Gre-Nal das Américas

Declarações de Renato também foram reprovadas

O Gre-Nal das Américas, disputado na última quinta-feira (12), rendeu polêmicas dentro e fora de campo. Se com a bola rolando as equipes não conseguiram tirar o zero do placar, fora dele o assunto foi a briga generalizada que tomou conta da Arena aos 40 minutos da segunda etapa, e gerou a expulsão de oito jogadores, quatro de cada equipe.

A repercussão sobre o acontecimento, é claro, foi negativa. As críticas iam desde a atitude dos jogadores até as declarações após o fim do jogo. Uma delas foi feita pelo treinador Renato Portaluppi. Na coletiva depois do confronto, o técnico declarou que não possui um time de “freiras” e que não julgaria seus atletas por revidarem as agressões sofridas no clássico.

— Meu time vai jogar futebol. Se os caras baterem, meu time vai olhar? Não tenho time de freiras. Que o árbitro tenha personalidade para apitar o Gre-Nal. Se tiver que botar meu jogador para rua, que ponha. Mas do Inter também. Mas não vou levar um time de freiras para o Beira-Rio. Se jogarem futebol, nós jogaremos – afirmou Renato.

A declaração do treinador do tricolor após o Gre-Nal, no entanto, não foi recebida pela imprensa. No programa Redação SporTV, os comentaristas repercutiram a fala do treinador e criticaram o exemplo ruim. O jornalista Eric Faria lembrou que as expulsões geram prejuízo técnico para Renato, além de ser um exemplo ruim.

— Passou essa época de time de macho, “meu time não vai arregar para ninguém, vai encarar todo mundo”. Não dá. É um exemplo ruim e prejuízo técnico para ele. Ele perdeu o Pepê, perdeu o Caio Henrique… — declarou o jornalista.

Além dele, PVC foi outro que se mostrou contra a confusão que tomou conta do confronto. De acordo com o comentarista, a Conmebol deve tomar uma atitude rígida para punir os atletas envolvidos na briga, e de acordo com o globoesporte.com, previu cerca de cinco jogos de suspensão para cada um dos jogadores expulsos.

Comentarista classifica Gre-Nal como “vexatório”

O comentarista da RBS TV, Maurício Saraiva, escreveu em seu blog ‘Vida Real’ que o primeiro Gre-Nal das Américas foi histórico, como também vexatório. Saraiva qualificou as atitudes tomadas pelos jogadores como a de “amadores jogando por cerveja”, e pediu punição para os envolvidos.

— As direções precisam punir com multa os expulsos. Todos os expulsos. Não pode ficar de graça para quem apatifou o primeiro Gre-Nal de Libertadores — escreveu Saraiva.

Após o conturbado Gre-Nal das Américas, os times de Grêmio e Inter se preparam para a pausa na Copa Libertadores, que adiou os próximos jogos por conta do surto de coronavírus na América do Sul. Por enquanto, o próximo confronto entre as equipes será no dia 21 de março, pela quarta rodada do returno do Campeonato Gaúcho.

Confira também:

Fechar