Notícias

Confira quais serão os próximos passos do Grêmio durante a interrupção do futebol

Clube planeja série de estratégias de prevenção e adia lançamento de uniformes

O Grêmio, assim como os outros times de muitos estados do Brasil, vivem dias inusitados. Com o risco de contaminação pelo novo coronavírus, a Confederação Brasileira de Futebol e as entidades que administram competições estaduais decidiram interromper suas competições por pelo menos duas semanas.

Além disso, a preocupação com a Covid-19 também rompe as fronteiras com a América do Sul, o que resultou na pausa na Libertadores, que só retornará, a princípio, em maio. Dessa forma, os jogadores e jogadoras de todas as categorias ficaram sem atividades nos Centros de Treinamento durante a semana. A diretoria do clube decidiu interromper os trabalhos como medida de prevenção aos atletas, comissão técnica e funcionários.

Isso faz com que os atletas tenham que manter sua forma física em casa, respeitando as ordens dos governos de evitar aglomerações e mantendo-se em isolamento. Mesmo antes do surto no País, o tricolor já havia adotado métodos de higiene pessoal e coletiva, de acordo com o globoesporte.com.

— O departamento de futebol orientou todos os atletas a manter atividades físicas durante o período para tentar minimizar os prejuízos na parte física — declarou o diretor médico gremista, Ciro Simoni.

Alguns atletas estão publicando suas rotinas diárias nas redes sociais. O zagueiro Paulo Miranda e o volante Lucas Silva, por exemplo, mostraram como estão se preparando para o retorno às atividades. Lucas, antes de ser contratado pelo tricolor, teve uma situação parecida, já que estava sem clube e utilizava um profissional de educação física para auxiliar na sua manutenção física.

Na próxima sexta-feira, o Grêmio fará mais uma medida de prevenção em relação aos atletas do elenco principal. Eles terão que comparecer ao CT Luiz Carvalho para fazer exames clínicos marcados pelo departamento médico do clube. O plantel será dividido em sete grupos, cumprindo as recomendações de não formar uma grande aglomeração dentro do espaço. Até o momento, nenhum atleta apresentou os sintomas da Covid-19.

Confira também:

Fechar