Notícias

Em quarentena, Renato celebra um ano da inauguração da sua estátua na Arena

Treinador usou as redes sociais para agradecer a homenagem

O treinador Renato Portaluppi está cumprindo as recomendações feitas pelo Ministério da Saúde e pelo departamento médico do Grêmio e cumpre quarentena ao lado da família e de sua sua filha, Carol Portaluppi, na cidade do Rio de Janeiro.

O treinador, que tem 57 anos, não está no grupo de risco do novo coronavírus, mas se mantém em isolamento. Apesar do contato com o Presidente do clube, Romildo Bolzan, que testou positivo para a Covid-19, o treinador não apresentou nenhum sintoma da doença.

Nesta quarta-feira, o treinador se preveniu de outra doença: a gripe influenza. Na capital fluminense, Renato foi vacinado contra a gripe e o sarampo, reforçando a sua imunidade. No início do ano, o treinador passou por uma cirurgia para a correção de uma arritmia cardíaca, mas por não apresentar mais problemas no coração, também não se inclui nesse grupo de risco.

Além disso, por estar na capital do Rio desde quando foi liberado pela diretoria do tricolor, Renato também não se apresentou no CT Luiz Carvalho na última sexta-feira (20), quando o elenco gremista, membros da comissão técnica e funcionários passaram por avaliações médicas e receberam orientações sobre o isolamento.

Renato aproveitou para celebrar aniversário de sua estátua na Arena

Também nesta quarta-feira, foi celebrada uma data especial para o treinador. No dia 25 de março de 2019, uma estátua em sua homenagem foi inaugurada na Arena do Grêmio. O jogador teve passagens memoráveis no clube como treinador, sendo campeão da Copa do Brasil, Libertadores, Recopa e bicampeão Gaúcho no seu retorno ao comando técnico da equipe.

Além disso, Renato é o treinador mais longevo à frente de um clube na era dos pontos corridos. Já são mais de 1200 dias no cargo, superando o antigo líder nessa estatística, o treinador Muricy Ramalho, que comandou o São Paulo entre 2006 e 2008. Nas redes sociais, Portaluppi agradeceu a homenagem e prometeu retribuir com muito trabalho.

— Hoje está fazendo um ano desta linda e inesquecível homenagem que o clube fez para mim. Agradeço de coração ao nosso presidente Romildo, diretoria, conselheiros, o atual grupo de jogadores e os antigos grupos que tive o prazer de trabalhar como treinador e jogador também. E sem dúvida não poderia deixar de lembrar do nosso torcedor, muito obrigado a todos vocês, de coração. De minha parte vou continuar trabalhando diariamente para dar alegrias para vocês. E essa alegria, vocês sabem, são com títulos. Mais uma vez obrigado e saúde a todos. Um beijo grande — declarou o treinador.

Por enquanto, não há previsão do retorno das competições no Brasil e na América do Sul. Dessa forma, o tempo à frente do cargo de treinador do Grêmio deve aumentar, e seu recorde como treinador mais longevo do futebol nacional se perpetuar pelo ano de 2020.

Confira também:

Fechar