Uncategorized

Dirigente e ídolo do Grêmio, Iúra é internado com suspeita de Covid-19

Ex-jogador aguarda resultado do exame e segue em isolamento

O ex-jogador e atual dirigente do futebol feminista do Grêmio, Júlio Titow, o Iúra, foi internado em um hospital em Porto Alegre nessa quarta-feira (1). A suspeita é que ele tenha contraído o novo coronavírus, mas ainda aguarda o resultado de contraprova para a doença.

O teste deverá ser divulgado nas próximas horas, mas o dirigente segue em observação. Iúra tem 67 anos, o que o coloca no grupo de risco da doença. Por isso, ele está em observação no Hospital Conceição. O resultado do exame deve sair nas próximas horas.

Iúra pode ser o sexto dirigente do Grêmio com Covid-19

Titow é o sexto dirigente do Grêmio com possível diagnóstico com o novo coronavírus. Antes dele, três vice-presidentes (Claudio Oderich, Marco Bobsin e Adalberto Preis), o Presidente do clube, Romildo Bolzan Júnior, e o assessor adjunto das categorias de base, Eduardo Fernandes, contraíram a doença.

A suspeita é de que o contágio tenha acontecido no jantar em celebração ao primeiro Gre-Nal das Américas, que aconteceu em uma churrascaria na zona norte da capital gaúcha, um dia antes da partida. Dois dirigentes do Internacional, incluindo o Presidente Marcelo Medeiros, também foram infectados.

Autor do gol mais rápido dos Gre-Nais, Iúra fez história no Grêmio nos anos 70, sendo importante em conquistas como o Campeonato Gaúcho de 1977. Hoje, ele é um dos dirigentes que cuidam do futebol feminino do clube, as gurias gremistas.

Confira também:

Fechar