Uncategorized

Sem atuar desde 2013, ex-zagueiro do Grêmio fica sem nova função no clube

Pandemia adia os planos da assinatura de um novo contrato para Gabriel

O ex-zagueiro Gabriel, contratado pelo Grêmio em 2013, sofreu uma lesão no joelho quando vestia a camisa gremista e nunca mais se recuperou. Desde então, com ajuda de especialistas, o jogador tentou voltar aos gramados, mas sem sucesso. Em dezembro, o jogador saiu da folha salarial do elenco principal, decretando sua aposentadoria dos gramados após seis anos de tentativas frustradas de retorno.

O Grêmio tentou negociar com Gabriel, mas ele e seus representantes preferiram esperar por outro acordo. Com o fim da carreira nos gramados, o clube ofereceu um cargo no setor administrativo do clube. O ex-zagueiro é estudante do curso de Administração e aceitou a proposta. De acordo com o UOL, ele foi convidado para uma reunião no início de março, mas o início dos decretos proibindo aglomerações por conta da pandemia de coronavírus adiaram o encontro.

Grêmio trata assunto de Gabriel como prioridade

Por enquanto, o Grêmio não se reunirá com Gabriel, mas o clube trata o assunto como relevante. As questões relacionadas à crise causada pelo coronavírus, porém, se tornaram prioridade no momento. O clube e o ex-jogador já possuem um acordo para o pagamento dos salários referente aos meses em que ele não recebeu. Com o fim de contrato em dezembro, o tricolor ficou impedido de pagar os novos vencimentos.

Em 2016, depois de mais de três anos afastado dos gramados, Gabriel teve um dos momentos de protagonismo com a camisa do Grêmio. O zagueiro foi chamado pelo capitão Maicon para levantar o troféu de campeão da Copa do Brasil, ao lado também de Marcelo Grohe.

Confira também:

Fechar