Notícias

Grêmio pode perder titulares caso a temporada de 2020 se estenda até 2021

Seis jogadores encerram seus vínculos com o clube em dezembro

A pandemia do novo coronavírus causou um novo desafio para o Grêmio e os demais clubes do futebol brasileiro. Além das perdas financeiras, devido a paralisação do futebol nacional, os clubes também poderão perder jogadores antes do fim da temporada de 2020. Isso pode acontecer, já que existe a possibilidade do Campeonato Brasileiro ser estendido até 2021.

Com isso, alguns jogadores com contrato até o fim de dezembro podem dar adeus ao tricolor antes do fim de uma competição importante. A Fifa está discutindo como será tratada essa questão e a entidade já sinalizou com a proposta de renovação automática dos contratos em vigor nesta temporada. As principais ligas do futebol mundial, assim como no Brasil, também foram interrompidas.

Dois titulares do Grêmio tem contrato até o fim de 2020

O globoesporte.com explicou a situação de cada jogador que tem contrato até o fim de 2020, sendo seis no total. Deles, Diego Souza e Caio Henrique são os únicos titulares. O experiente atacante é o artilheiro do time na temporada, com cinco gols em oito partidas, enquanto o lateral-esquerdo vem ganhando a confiança de Renato Portaluppi e foi titular nas últimas partidas do Grêmio antes da parada.

Outros dois reforços também possuem apenas um ano de contrato, Orejuela e Thiago Neves. O lateral colombiano fez a primeira partida como titular no último jogo antes da paralisação do Campeonato Gaúcho, na vitória sobre o São Luiz. Emprestado pelo Cruzeiro, o jogador não deve continuar em 2021. Já o meia teve um número maior de oportunidades, mas ainda não conseguiu mostrar seu melhor futebol.

Pouco utilizados, Marcelo Oliveira e Júlio César também tem contrato até dezembro. O zagueiro está se recuperando de uma grave lesão no joelho, que lhe tirou dos gramados por mais de um ano, e só estará disponível no segundo semestre. Já o goleiro é o terceiro na hierarquia do clube, atrás de Vanderlei e Paulo Victor. Mas, com o desejo da comissão técnica de dar mais oportunidades a Phelipe, revelação da base, é provável que o arqueiro não continue no Grêmio.

Confira também:

Fechar