Notícias

Pepê sobre quarentena, titularidade e briga no Gre-Nal das Américas

Atacante fala sobre período de paralisação e lições tiradas de polêmica no Gre-Nal

Assim como o restante do elenco gremista, o atacante Pepê está em isolamento social por conta da pandemia de coronavírus. Desde 1º de abril, os jogadores do tricolor receberam férias coletivas com previsão de retorno para o próximo dia 21, a depender de como a doença avançará no País.

A propagação da Covid-19 por todo o planeta fez com que os planos do jogador fossem alterados. Com 23 anos, ele estava entre os possíveis convocados para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que aconteceriam no próximo meses de julho e agosto. No entanto, o evento foi adiado para 2021.

No Grêmio, Pepê vem vivendo um momento de ascensão. Mesmo com a concorrência de Alisson e Everton na posição, o jogador vinha ganhando a confiança de Renato Portaluppi e recebendo oportunidades. A parada acabou interrompendo os planos do atacante. Ao globoesporte.com, o jogador falou sobre as suas expectativas para a temporada.

Pepê fala sobre titularidade e confusão gerada no Gre-Nal da Libertadores

Sobre a titularidade, o jogador não se sente pressionado. Pepê declarou que vem tentando conquistar oportunidades e dando o melhor nos treinos para ser notado por Renato. Mesmo com dois titulares de confiança, o treinador já utilizou o atacante em algumas oportunidades, e ele sempre se saiu bem.

— Esse é meu trabalho e tenho que dar o meu melhor. Acredito que tenho evoluído a cada jogo, a cada treino, agarrado bem as oportunidades. Mas, se eu mereço ou não a titularidade, aí é melhor perguntar para o professor Renato — declarou.

No entanto, um episódio ocorrido em um dos últimos jogos do clube antes da paralisação dos torneios, marcou o jogador. No Gre-Nal das Américas, o primeiro entre os clubes na Libertadores, Pepê se envolveu na briga generalizada entre os atletas das equipes. Tudo começou após uma dividida entre ele e Moisés, lateral do Inter.

– Futebol não é o que aconteceu naquele dia. Todo mundo estava pilhado. Aprendemos com os erros e com certeza vou levar para a vida – reconheceu.

Com 87 partidas com a camisa gremista e 18 gols, Pepê tenta fazer de 2020 a sua melhor temporada pelo Grêmio. Em 2019, o atacante foi um dos artilheiros do clube na temporada, com 13 gols. Porém, para que alcance a titulares, o jogador reconhece que precisa aumentar suas estatísticas.

O atleta, no entanto, não sabe se ficará no tricolor por tanto tempo. O Grêmio estipulou uma multa rescisória de 20 milhões de euros (R$ 113,98 milhões) por 70% dos seus direitos econômicos. O PSV, da Holanda, propôs 15 milhões de euros no início da janela, mas teve a oferta recusada. Outros clubes da Europa monitoram o atleta.

Confira também:

Fechar