Uncategorized

Em vídeo, Bressan recorda pênalti nas semifinais da Libertadores de 2018

Lance gerou a eliminação do Grêmio da competição

Atualmente no FC Dallas, dos Estados Unidos, o zagueiro Bressan, por um vídeo divulgado pela sua assessoria na última quinta-feira (9), comentou sobre alguns momentos de sua carreira. Entre eles, o episódio da eliminação do Grêmio da Libertadores de 2018, quando o jogador teve participação fundamental.

Na partida de ida, o clube havia vencido o River Plate por 1 a 0, e jogaria por um empate por até um gol de diferença em Porto Alegre. Bressan entrou na partida aos 24 minutos do segundo tempo e acabou cometendo um pênalti aos 41, após desviar com o braço um chute de Scocco.

Bressan cometeu o pênalti e foi expulso com menos de 15 minutos em campo

O lance é até hoje contestado pela torcida gremista, mas o árbitro de vídeo validou na ocasião. De quebra, o zagueiro acabou expulso da partida, o River Plate conseguiu marcar com Pity Martinez e eliminou o tricolor em casa. Bressan afirmou que, se pudesse reescrever a história do confronto, teria o feito.

– Acabamos tomando um gol que não era para tomar, que talvez tocou no braço do cara e o tal do VAR não foi olhar. No meu lance lembro até hoje que o pessoal dentro do campo ninguém tinha reclamado. São coisas que fazem parte do futebol. Se pudesse escrever a história diferente, com certeza teria escrito, até os outros campeonatos que perdi. Era para ser, não adianta. É um filme que passa na cabeça, uma história menos boa da minha vida talvez – relembrou.

Bressan foi revelado pelo Juventude, de Caxias do Sul, em 2010. Em 2013, se transferiu para o Grêmio como um jogador promissor. Após um período oscilando entre a titularidade e o banco de reservas, foi emprestado para o Flamengo em 2015, e depois para o Peñarol em 2016. Em 2017, retornou para Porto Alegre, quando foi titular na conquista da Libertadores de 2017. Em 2019, foi vendido para o FC Dallas.

Confira também:

Fechar