Notícias

“Péssimo exemplo” diz Luciano sobre briga em Gre-Nal das Américas

Jogador foi expulso após trocas de agressões físicas com Edenilson

A briga generalizada no primeiro Gre-Nal das Américas ainda é repercutida por jogadores e torcedores. O atacante Luciano, um dos expulsos no clássico, foi procurado pelo portal UOL Esporte para comentar sobre o ocorrido. Na visão dele, a confusão gerada aos 40 minutos da etapa final do confronto foi um “péssimo exemplo”.

Tudo começou quando Pepê, atacante do tricolor, e Moisés, lateral do Inter, tiveram uma forte dividida na lateral do campo, próximo ao banco de reservas. Isso acabou gerando uma discussão entre os jogadores. Outros atletas e membros da comissão técnica tentaram apartar a situação, mas a confusão se instaurou e gerou a expulsão de oito jogadores, paralisando a partida por mais de dez minutos.

– Foi um fato em que todos jogadores se arrependem, a gente nem gosta de falar, pois é algo que não representa o que é o futebol. Mas temos que ter isso em mente para não se repetir, pois é um péssimo exemplo para toda sociedade que ama e acompanha o futebol. – declarou Luciano.

“Peço desculpas sim, a todo torcedor e toda sociedade” afirma Luciano

A Unidade Disciplinar da Conmebol está cuidando do caso e analisará quais punições serão aplicadas aos jogadores, que podem perder todo o restante da fase de grupos da competição. Perguntado se está arrependido pelo ocorrido, Luciano fez questão de se desculpar com os torcedores pela situação. Segundo ele, é necessário que os atletas saibam da responsabilidade social que carregam e não podem ser um “mau exemplo”.

– Peço desculpas sim, a todo torcedor e toda sociedade. O futebol é a paixão do brasileiro, muitas vezes a válvula de escape em uma população que sofre com tantas coisas. Nós temos que passar bons exemplos, pois sabemos da importância do futebol na sociedade. O futebol já parou uma guerra, temos que saber que temos essa responsabilidade social. – completou.

Luciano, assim como o restante do elenco gremista, segue em recesso por conta da pandemia do novo coronavírus. No início desta semana, o clube prorrogou as férias para todo o Departamento de Futebol até o dia 30 de abril. As competições em âmbito estadual e nacional não possuem previsão de retorno. A Libertadores, prevista para voltar a partir do dia 5 de maio, também pode ter sua paralisação prorrogada.

Confira também:

Fechar