Notícias

Mesmo com pandemia, Grêmio se movimenta no mercado para negociar André

Jogador está sem atuar pelo tricolor desde novembro do ano passado

A pandemia de coronavírus paralisou competições e o mercado da bola em todo o planeta. Mesmo assim, o Grêmio tenta se movimentar para negociar um dos seus atletas do elenco. O caso em questão é do atacante André, de 27 anos, que não está nos planos da comissão técnica do tricolor.

Durante o período de paralisação, o clube recebeu sondagens pelo jogador, de acordo com o portal UOL Esporte. Os contatos acontecem e podem sinalizar uma saída do jogador antes mesmo do retorno das competições. André foi contratado em 2018 pelo Grêmio, mas não correspondeu às expectativas da torcida. Sua última atuação com a camisa tricolor foi em novembro de 2019, na derrota do tricolor para o Flamengo, na Arena.

De acordo com o portal, os dirigentes do clube estão mantendo contato com o estafe de André e sinalizaram que, caso haja uma boa oferta pelo atleta, existe a possibilidade de liberação. Além disso, os dirigentes ainda negociam a possibilidade de um empréstimo e já admitiram arcar parte dos salários do jogador. Mesmo sem ter o atacante nos planos, o Grêmio afasta a possibilidade de rescisão do contrato.

Outra possibilidade que surgiu foi uma negociação com o Sport, do Recife, clube em que André já atuou durante 2017 e 2018. De acordo com o jornal Folha de Pernambuco e apuração do LANCE!, o clube pernambucano sondou o atleta, mas as negociações não avançaram. Com o salário na casa dos R$ 400 mil, o Leão estaria interessado em arcar com 50% dos vencimentos do jogador. No entanto, ainda há interessados na frente pela contratação do atleta.

Desde o início da temporada, André segue treinando com o restante do elenco, inclusive participando de jogos-treino com a equipe reserva. No entanto, isso não refletiu em campo e o jogador foi relacionado para apenas uma partida em 2020. Por enquanto, o atacante segue no elenco e deve se reapresentar junto aos demais atletas no próximo dia 1º de maio, data marcada para o fim das férias, mas ainda não há certeza sobre o retorno do plantel aos trabalhos.

Confira também:

Fechar