Categorias
Blog do Ilgo

O meu melhor Grêmio de todos os tempos (parte 1)

Muita gente aproveitando a quarentena para propor que cada um forme sua melhor equipe gremista e algo parecido.

Confesso que tenho enorme dificuldade para formar apenas uma seleção do Grêmio juntando jogadores de épocas diferentes.

Começo escrevendo sem saber qual o time que formarei como sendo o ‘meu’ Grêmio. Espero chegar a uma conclusão em seguida ou até a próxima quarentena (esse negócio de vírus não termina aqui, vocês sabem).

Na verdade, nunca dei bola pra isso, mas já participei desse tipo de distração algumas vezes, sempre depois e ou durante rodadas de cervejas ou chopes cremosos, como diria o David Coimbra.

Aliás, faz anos, uns 15 anos, que eu, David e outros colegas montamos uma seleção do melhor Grêmio. Foi após um jogo de futebol de salão entre CP e ZH (perdemos porque nosso único goleiro saiu no intervalo para ficar bebendo ao lado da cancha enquanto a gente se matava na quadra).

Bem, hoje eu não me limito a formar apenas um time. Preciso homenagear, por exemplo, o time dos 12 títulos em 13 anos, conforme definiu o Ricardo Wortmann.

Foi um Grêmio que eu, guri cheio de sonhos e expectativas, acompanhei pelo rádio (Guaíba) e pela Folha da Manhã ou Folha Esportiva na praça matriz de Lajeado, entre uma bergamota e outra ao lado do meu amigo Ricardo, hoje morador de Cruzeiro do Sul.

Sei de cor e salteado a escalação desse meu ‘melhor Grêmio’:

Alberto (o melhor goleiro que eu não vi jogar); Altemir, Airton Áureo e Ortunho: Cléo e Sérgio Lopes; Babá, Joãozinho, Alcindo e Volmir.

Tem ainda o goleiro Arlindo, além do Vieira e Milton Kuelle (jogadores modernos), e de Paulo Lumumba e Marino. São os nomes que me ocorrem.

Sobre o Marino, que fez 4 gols num Gre-Nal, indico, recomendo com entusiasmo, o site do RW, no qual Ricardo e Daison Santana fazem um trabalho admirável de resgate histórico de coisas que foram ‘esquecidas’ ou nunca devidamente valorizadas pela mídia red.

Bem, esta é a minha primeira seleção do ‘melhor Grêmio’.

Aguardo a seleção dos amigos.

Continuo com o assunto no meu próximo artigo. A qualquer dia, qualquer hora, neste mesmo lugar.