CuriosidadesNotícias

Site lista 10 jogadores que quase vestiram a camisa do Grêmio

Ídolo argentino, craque camaronês e até Pelé quase desembarcaram em Porto Alegre

Nos últimos anos, o Grêmio se notabilizou pelo profissionalismo na sua administração e austeridade financeira. O clube investiu nas suas categorias de base, lapidando novos atletas que podem gerar retorno dentro e fora dos gramados. No entanto, nem sempre foi assim. Em algumas situações, o clube fez grandes investimentos e não conseguiu nada além de déficit nas contas.

Por outro lado, alguns craques que já vestiram a camisa tricolor trouxeram alegrias para a torcida por meio de títulos e grandes atuações. Fazer um investimento por um grande atleta pode ser um risco, mas quando bem sucedido se torna um grande acerto por parte da diretoria. Algumas negociações, porém, acabam não sendo concretizadas.

Lugano, Riquelme e até Drogba: confira alguns jogadores que quase vestiram a camisa do Grêmio

O site globoesporte.com elaborou uma lista com dez jogadores que quase vestiram a camisa do Grêmio em determinado período da carreira. Os motivos para os negócios não serem concretizados são os mais variados, mas as conversas ocorreram e quase se tornaram realidade. Alguns são nomes conhecidos da torcida por êxitos no futebol brasileiro, outros são atletas que vestiram a camisa de gigantes europeus.

Dois deles já tiveram textos exclusivos no nosso site: o meio-campo Alex e o rei do futebol, Pelé. O primeiro foi cobiçado pela diretoria do clube em 2002, quando estava no Parma, da Itália. No entanto, o jogador foi convencido por Vanderlei Luxemburgo, treinador do Cruzeiro na época, a desembarcar em Belo Horizonte, onde venceu a tríplice coroa em 2003. Já o Rei, ainda nos juniores, quase ficou em Porto Alegre durante uma excursão do Santos em 1957. O negócio não foi para frente e o resto é história.

Dois grandes atacantes do continente africano também quase vestiram a camisa do Grêmio no final de suas carreiras. Drogba e Eto’o foram ícones de uma geração e multi-campeões nos clubes onde passaram – tendo inclusive levantado a taça da Liga dos Campeões da Europa. Em 2016, o ex-dirigente do clube, Rui Costa, afirmou que a tentativa em ter o marfinense ocorreu em 2016. Já Eto’o teve o nome aprovado pelo treinador Renato Portaluppi em 2018 após ser oferecido ao tricolor, mas questões financeiras atrapalharam o negócio.

Dois sul-americanos também estiveram próximos de chegar ao Grêmio praticamente na mesma época. Em 2012, de acordo com o canal TyC Sports, Riquelme quase se tornou o dono do meio-campo gremista. Segundo o próprio jogador, a demora na papelada que concretizaria o acerto acabou melando as negociações. Já em 2013, Lugano era o desejo do ex-presidente Fabio Koff, falecido em 2018. No entanto, Vanderlei Luxemburgo, treinador do time na época, vetou a contratação do uruguaio que por pouco não aceitou a oferta.

A lista completa você pode conferir clicando aqui.

Confira também:

Fechar