Uncategorized

Napoli estaria disposto a pagar 30 milhões de euros por Everton, diz imprensa italiana

Sites do país voltaram a destacar o interesse no atacante

O Napoli voltou a aparecer como um clube interessado no atacante Everton. De acordo com o portal italiano Ilnapoli, a equipe do país já estaria em negociações com a diretoria tricolor para contratar o jogador. O site ressalta que o valor das negociações podem atingir os 30 milhões de euros, mais de R$ 180 milhões na cotação atual.

Essa não é a primeira vez em que o Napoli surge como possível destino de Cebolinha. No início do mês de abril, o jornal Corriere dello Sport colocou o atacante em uma lista de nomes que o clube estaria monitorando para substituir Callejón, atacante espanhol que deve se transferir na próxima janela.

Artilheiro pelo Grêmio e campeão da Copa América pelo Brasil na última temporada, a diretoria do tricolor esperava vender o jogador por uma alta quantia nas próximas janelas, tendo inclusive não aceitado propostas menores à 40 milhões de euros (R$ 160 na cotação da época). Alguns clubes europeus, como o Milan, tentaram entrar em acordo com o clube para contratar Cebolinha, mas sem sucesso.

A crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, entretanto, pode ter mudado os planos da diretoria gremista. O vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Luz, afirmou que os dirigente analisarão as propostas caso elas cheguem, mas garantiu que não houve nenhum contato oficial de nenhuma equipe.

— Caso chegue uma proposta de fato, vamos analisar. Repito, não houve nada de oficial. O Grêmio está aberto a negociações dos valores, quando as tratativas de fato existirem — disse o dirigente.

A reportagem do site GauchaZH procurou o empresário de Everton, Marcio Cruz, para saber da veracidade das negociações entre Grêmio e Napoli. O agente do jogador afirmou que não houve contato de nenhum clube interessado em contratar o atleta, por enquanto. O atacante se reapresentará amanhã no CT Luiz Carvalho para testes médicos, mas não há previsão de retorno das competições no País.

Fechar