NotíciasCampeonato Gaúcho

Romildo Bolzan vê Campeonato Gaúcho como “laboratório” para volta do futebol brasileiro

Presidente gremista afirma que é preciso "dar demonstração de que se pode fazer futebol seguro"

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior, falou na tarde de ontem para as redes sociais do clube sobre o retorno às atividades. Na última quarta-feira, o mandatário participou de uma reunião com a Federação Gaúcha e os clubes participantes do Campeonato Gaúcho, em que ficou decidido que o retorno da competição acontecerá entre o fim de julho e o início de agosto.

Para esse retorno acontecer, uma série de protocolos deverão ser tomados, e essas medidas já foram, em tese, tomadas pelo Tricolor. Junto ao Internacional, o clube foi o primeiro a retornar com suas atividades com um rígido protocolo de controle do contágio da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. Romildo afirmou que o retorno do Gauchão pode ser um laboratório para o futebol nacional planejar o seu retorno.

— O Gaúcho talvez seja o laboratório de todos os regionais, porque está muito mais adiantado. E vai ser uma experiência importantíssima a ser feita. Pela primeira vez no país se farão os jogos com monitoramento. Acho que temos uma situação bastante importante, de muita responsabilidade. Dar demonstração de que se pode fazer futebol seguro  —  afirmou o mandatário.

Romildo também comentou sobre a possibilidade do Campeonato Gaúcho acontecer em apenas duas ou três praças. O mandatário afirmou que isso dependerá de como o Rio Grande do Sul tratará a pandemia do novo coronavírus nos próximos meses, além da segurança dada aos clubes em relação à locomoção, logística e habitação dos jogadores e comissão técnica.

— Está clara a ideia de que se não for amenizado os focos, se possa fazer uma ou duas praças. Tem que ter o financiamento de transporte dos clubes. Se a FGF tiver suporte, seria fantástico. A outra alternativa é que os ambientes do RS possam nos dar conforto e jogar nas praças nas quais são os jogos. Se tiver segurança em locomoção, logística, habitação principalmente. Mas o tempo vai dizer. Está no cenário de todo mundo jogar em praças reduzidas para concluir o campeonato – completou Romildo.

Mesmo com o período-base para o retorno decidido, ainda não há uma data para a volta da competição estadual. O Campeonato Gaúcho ainda tinha três rodadas do segundo turno a serem concluídas, além das semifinais e finais do returno e a decisão do torneio, caso o Caxias, campeão do primeiro turno, também não vença a segunda parte do torneio.

Lucas Gomes

Formado em Relações Internacionais. Sócio-diretor na serviço de conteúdo G I R O e Redator Freelancer no site esportivo Notícias do Grêmio.
Fechar