Diego Souza marca de voleio, mas Grêmio não sai do empate com o Ypiranga

Tricolor chegou aos 13 pontos no Grupo B do Gauchão, matematicamente garantindo a liderança da chave

Na manhã deste domingo, Grêmio e Ypiranga empataram em 1 a 1, no CFT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul. O Tricolor tentou aproveitar o clima criado para receber a equipe, mas só conseguiu furar a defesa adversária uma vez. Por outro lado, o adversário conseguiu chegar ao empate em um dos únicos lances em que chegou ao ataque.

Com o empate, o Grêmio chega a 13 pontos no segundo turno. Mesmo que perca na rodada final, a equipe já está matematicamente classificada na liderança do Grupo B. Confira um resumo do que rolou na partida.

Diego Souza faz gol de voleio, mas Grêmio não consegue sair do empate com Ypiranga

diego-souza-marca-de-voleio-mas-gremio-empata-com-ypiranga
Diego Souza marcou mais um gol na temporada, se isolando na artilharia do Tricolor – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Tricolor aproveitou o “cenário raiz” do CFT Hélio Dourado para começar pressionado. Logo no primeiro minuto, Everton deu um passe em profundidade para Diego Souza, que invadiu a área e bateu buscando o ângulo. Deivity conseguiu espalmar para escanteio.

O jogo ficou equilibrado após a tentativa do Grêmio, mas com os donos da casa chegando com mais perigo. Aos 14, Lucas Silva parou na zaga. Cinco minutos depois, após investida pelas laterais, Diego Souza cabeceou por cima. Aos 25, após cobrança de escanteio, a bola sobra para Geromel, que chuta para fora.

O Ypiranga até tentou revidar com Leilson. O atacante ficou com o rebote na entrada da área após Kannemann tirar mal um cruzamento, mas chutou à direita do gol. Cinco minutos depois, o Grêmio foi fatal. Em jogada pela esquerda, Everton cruzou para a área. Deivity tentou tirar, mas a bola sobrou para Diego Souza, que de voleio abriu o placar para o Tricolor, 1 a 0 no CFT.

Após sofrer o gol, o Ypiranga resolveu pressionar. Aos 41, após um bate-rebate na área, a bola desvia no pé de Muriel, que quase surpreendeu Vanderlei. Dois minutos depois, não teve jeito. Novamente, Muriel foi ao ataque e, de fora da área, arriscou um chutaço. A bola bate direto na trave e morre no gol gremista. Empate no CFT antes do fim do intervalo, 1 a 1.

Nos acréscimos, o Grêmio ainda tentou voltar à frente do placar. Lucas Silva soltou uma bomba de fora área, mas Deivity fez a defesa. Na volta do intervalo, o Tricolor continuou em cima. Com 3 da segunda etapa, Diego Souza vai à linha de fundo e cruza. Guilherme Guedes domina e passa para Everton, que dribla dois e arrisca, mas a bola sai pela linha de fundo.

A pressão tricolor continuou e a equipe teve mais duas chances. Uma com Lucas Silva, em tabela com Alisson, e um chute que passou perto do gol de Deivity. E outra com Matheus Henrique, que chutou em cima do zagueiro e quase enganou o goleiro, com a bola saindo perto da trave.

Nas alterações, Renato Portaluppi tentou colocar o time para a frente. Tirou Lucas Silva e Alisson para colocar Pepê e Lucas Silva, mas a defesa do Ypiranga ainda segurava as ações do ataque gremista. Aos 33, Everton tentou de novo uma jogada individual. O camisa 11 driblou dois marcadores e acionou Jean Pyerre. O meia devolve para Cebolinha, mas Deivity se antecipa e consegue tirar a bola para escanteio.

O Grêmio ainda teve uma grande chance no fim da partida. Aos 45, Matheus Henrique ficou cara a cara com o goleiro após lindo passe de Everton. O camisa 7 tentou finalizar, mas parou em Deivity. A pressão no fim da partida não conseguiu se converter em gol, e a partida acabou empatada. A próxima partida do Tricolor é na quarta-feira (29), contra o Novo Hamburgo.